Mogli ganha roupa nova aos 40 anos

O compositor Richard Sherman fala do disco duplo do menino-lobo, que chega às lojas, em edição especial de aniversário

Luiz Carlos Merten, O Estadao de S.Paulo

27 de setembro de 2007 | 00h00

Foi um minucioso trabalho que mobilizou, por dez meses, 25 profissionais reputados entre os melhores do mundo. A restauração de Mogli - O Menino-Lobo foi um processo, mesmo assim, relativamente confortável, porque o negativo original da animação da Disney estava em boas condições, graças ao processo Successive Exposure (SE), que fixa melhor as cores, usado na época da realização. Mas o trabalho de restauração foi portentoso - 367 mil frames de SE, que representam quase 123 mil frames de artes individuais, foram analisados, escaneados, processados e limpos um a um. E houve toda a parte de restauração sonora. A conseqüência é que o DVD comemorativo dos 40 anos de Mogli, que começa a chega hoje aos pontos-de-venda de todo o Brasil, dá nova roupagem a um dos filmes mais famosos da Disney na década de 60.Richard M. Sherman, integrante dos lendários Sherman Brothers - o irmão chamava-se Robert B. Sherman -, conversou um pouco pelo telefone com a reportagem do Estado, para lembrar seu trabalho nas usinas de sonhos do velho Walt. Os Sherman Brothers receberam dois Oscars por seu trabalho na Disney - um pela canção Chim Chim Cher-ee, de Mary Poppins, e o outro por It''''s a Small World (After All). Richard lembra-se perfeitamente quando o lendário Zoltan Korda com Sabu. Poucos levantaram a mão, mas Walt foi logo dizendo que esquecessem tudo. Ele queria fazer outra coisa, um filme de Disney.''''Mesmo assim, Richard lembra que foi preciso uma correção de rota, quando a produção já estava sendo trabalhada havia um ano. O filme estava ficando muito sombrio, muito próximo do espírito da obra literária. Walt foi definitivo - ''''Vamos pegar este clássico e fazê-lo no estilo da Disney (in the Disney way).'''' Richard foi muito marcado pela figura de Walt Disney. ''''Ele foi muito criticado mais tarde, mas era um homem fabuloso, que tinha um conceito muito preciso do tipo de divertimento familiar que queria criar. Definido, e aceito, o conceito, ele não ficava dando ordens. Incentivava a gente a criar e volta e meia chamava seus colaboradores para saber o que tínhamos.'''' Embora já seja quase octogenário (nasceu em 1928), Richard M. Sherman ainda mantém um entusiasmo quase juvenil por Mogli. ''''A história é muito bonita. Esse garoto órfão, criado por animais , colocava para a gente, na época em que foi feito, os temas do instinto e da cultura, do afeto, da aceitação da diferença, já que seus melhores amigos são animais. Hoje, acho que existe uma outra possibilidade de leitura - há 40 anos, o filme já fazia a defesa da ecologia, antecipando-se ao movimento ambientalista.''''Aos irmãos Sherman, Disney só pedia uma coisa: ''''Façam canções divertidas.'''' Find the fun!, era sua palavra de ordem. Foi assim desde que Richard e Robert irromperam nas usinas da Disney. Graduados em escolas de música de Los Angeles e Nova York, Richard e Robert, filhos do compositor Al Sherman, começaram a compor em 1950. Bob, o mais velho, achava que sua vocação era a literatura e queria escrever o maior romance americano de todos os tempos. Richard sonhava com o maior musical. Trabalharam juntos durante alguns anos até que, em 1958, criaram, para Annette Funicello o hit Tall Paul, que entrou para a história como o single que vendeu mais de 1 milhão de cópias. Dois anos mais tarde, eles já eram compositores contratados da Disney.Desde então, compuseram mais de 150 canções que foram incluídas em 27 filmes e mais de 20 produções de TV. ''''Ganhamos o Oscar por Chim Chim Cher-ee, mas o próprio Walt tinha uma preferência especial por outra canção do mesmo filme, Mary Poppins - Feed the Birds.'''' E eles não produziam apenas para animações - Mogli, Os Aristogatas, A Espada É a Lei --, mas também para filmes de live action, como O Grande Amor de Nossas Vidas, de David Swift, com Hayley Mills. Por tudo isso, não admira que, em 1990, o próprio estúdio os tenha elevado a um status especial, catalogando-os como ''''Disney Legends'''' (lendas da Disney).Um exemplo de como Richard e Robert trabalhavam pode ser fornecido por uma pequena história. ''''O líder dos elefantes de Mogli chamava-se, originalmente, Hathi, mas resolvemos rebatizá-lo como Capitão Hathi, porque seria divertido destacar, desta maneira, o caráter militar da organização da manada. Walt adorou.'''' Para finalizar, o que existe para comemorar nos 40 anos de Mogli? ''''Uma história maravilhosa e o encontro de um grupo de artistas que, trabalhando com toda liberdade, pôde produzir uma jóia de animação.'''' O DVD de Mogli é duplo e custa R$ 44,90.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.