Mocidade Alegre

Sáb. (21) p/ dom. (22), entre 0h20 e 0h40

, O Estadao de S.Paulo

12 de fevereiro de 2009 | 00h00

Enredo: ?Da chama da razão ao palco das emoções... Sou a máquina, sou vida... Sou coração pulsando forte na avenida?Ficha técnica: 3.400 componentes, 24 alas, 5 carros alegóricos.Colocação em 2008: vice-campeã.História: Em 1950, os irmãos Juarez e Salvador da Cruz participaram do carnaval. Saíram de casa vestidos de mulher no sábado e só voltaram na Quarta-Feira de Cinzas. Da brincadeira surgiu a Mocidade Alegre. A escola já conquistou seis títulos no Grupo Especial. Fique atento: A ala de número 11 é composta por atores de teatro. Eles farão uma encenação do musical ?O Mágico de Oz?. A ala 17 mostrará o ?sambateado?, que une técnicas do sapateado e do samba. Nela estarão 27 bailarinos convidados pela coreógrafa Christiane Matallo. Além de dançar no compasso da percussão, farão coreografias inspiradas em orixás. Aos casais nas arquibancadas dos setores B e I: preparem-se para suspirar com um romântico desenho feito pelos componentes da bateria.LETRA DO SAMBA?Da chama da razão ao palco das emoções... Sou máquina, sou vida... Sou coração pulsando forte na avenida?Chegou, Mocidade, o grande diaAvante, nossa famíliaQue traz a chama da razãoE faz brilhar nesta avenidaA luz que ilumina cada serE a fonte do saberNa religião, mistério e segredo... É o coração!!!O Renascimento desperta a ciênciaFazendo o homem conhecerSua própria existênciaMáquina da vida eu souCom saúde e mais amorQuem doa renova a vida em outro serSou ritmo puro que te faz viverEntre tantas emoçõesAmores revelam cenário de paixõesEnamorados ao luar, o Cupido me flechouGostoso é o amor maternoPuro e eterno pra me acalentarSou inspiração na poesiaO grito de gol no arSão tantos sambistas imortaisInesquecíveis carnavaisPra ti darei a minha vida, escola querida!É mais uma emoçãoBatendo forte no meu peitoEu sou morada e não tem jeitoFaz pulsar o coraçãoO sonho de ser campeãoAutores: China da Morada, Ferreira, Luis Roberto, Murillo TK, Pinheiro e RafaIntérprete: Clovis Pê

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.