MinC usa totalidade de seu orçamento

O Ministério da Cultura informou na quinta que conseguiu empenhar 99,6% do seu orçamento em 2007, atingindo recorde histórico desde a criação da pasta, em 1985. É o ministério que usa mais completamente seu orçamento federal. Não foi um ano fácil, contudo, para o MinC: do total do orçamento, R$ 130 milhões foram liberados apenas em 18 de dezembro, em crédito extraordinário. ''''Devido ao prazo inexeqüível para empenho, esses recursos serão reabertos para execução em 2008'''', diz a nota. Assim, dos R$ 699 milhões liberados, apenas R$ 569 milhões estavam disponíveis para empenho. Destes, foram gastos R$ 567 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.