Metropolitan demite 74 funcionários

O Metropolitan Museum of Art de Nova York, o maior dos Estados Unidos, anunciou um corte na equipe de vendas, com o objetivo de "manter um equilíbrio diante da piora do clima econômico nacional". O museu vai eliminar 74 postos de trabalho. A medida se soma a outro corte de 53 empregos ocorrido há alguns meses, além do congelamento de salários estabelecido para o próximo exercício fiscal, que tem início em 1º de julho. Em comunicado, o Met, que sofreu uma perda de fundos públicos que recebia anualmente, ainda assinalou que pretende reduzir sua equipe em mais 10%, o que implicará demissão de outras 250 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.