Mesmo confusa, 2.ª parte diverte adultos e crianças

Eric Darnell e Tom McGrath já eram os diretores do primeiro Madagascar. Eles repetem na segunda animação da série, que estréia hoje, uma regra básica - não se mexe em time que está ganhando. Além de Alex, o leão dançarino que fala com a voz de Ben Stiller, estão presentes em Madagascar 2 a zebra Marty (voz de Chris Rock), a girafa Melman (David Schwimmer) e a fêmea de hipopótamo Glória (Jada Pinkett Smith, substituída por Heloísa Périssé na dublagem brasileira). Como o filme não teria graça sem eles, também estão de volta os pingüins, o lêmur rei Julien (que continua falando com a voz de Sacha Baron Coen e ganhou piadas ainda melhores) e a velhinha de maus bofes cujo prazer é bater no pobre Alex. Mas algo não funciona muito bem, porque a narrativa parece dispersiva e até confusa no começo. Demora a engrenar. Quando isso ocorre, porém - da metade para o fim -, você pode estar certo de que se diverte e tanto faz que seja adulto ou criança. Assista ao trailer de Madagascar 2 Em Madagascar 2, Darnell e McGrath, com roteiro de Etan Coen - que não é o irmão de Joel, diretor de Queime Depois de Ler -, retoma um tema clássico de Hollywood, a volta ao lar, mas na contracorrente. No primeiro filme, os animais do zôo de Nova York queriam voltar às origens, na África. No segundo, querem volta para casa, mas o lar gora é a selva de concreto de Nova York. Os pingüins improvisam um avião com a ajuda de macacos, mas o empreendimento falha e o grupo decola para que a sua engenhoca voadora caia logo ali adiante, na África. Nesta altura, os diretores já contaram como o pequeno Alex, já querendo ser dançarino, que se afastou do pai e foi feito prisioneiro por caçadores. O tema do segundo filme - um dos, pelo menos - é o reencontro familiar, entre pai e filho.Com um roteiro cheio de subtramas - a região enfrenta uma seca -, Madagascar 2 soma novas referências às do filme anterior. Você se lembra das piadas relativas a Rei Leão, O Planeta dos Macacos e Embalos de Sábado à Noite. O pequeno Alex executa agora suas piruetas de forma a lembrar Billy Elliot, no musical - sobre balé - de Stephen Daldry. No conjunto, o primeiro filme era melhor e mais divertido. Na segunda parte, Madagascar 2 retoma o pé para tentar ser tão bem-sucedido quanto a animação de 2005. ServiçoMadagascar 2: A Grande Escapada (Madagascar: Escape 2 Africa, EUA/2008, min.) - Animação. Livre. Cotação: Regular

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.