Matthew Broderick, no filme que o fez referência dos anos 80

Nos anos 80, ele adquiriu a reputação de "Steven Spielberg das comédias teens", retratando o universo dos adolescentes dos EUA. A fórmula funcionava em todo o mundo - efeitos da colonização cultural, com certeza -, mas não se podia negar a John Hughes, pois é dele que estamos falando, certa habilidade para construir diálogos e situações perfeitamente naturalistas e verossímeis.Foi ele quem inventou Molly Ringwald como a "garota da casa ao lado" e também quem impôs um certo Macaulay Culkin numa série que ficou milionária - Esqueceram de Mim. Mas o melhor filme de John Hughes é o que o Telecine Cult exibe às 16h40, Curtindo a Vida Adoidado. Prepare-se para conhecer, se é que ainda não conhece, Ferris Bueller.É o papel da vida de Matthew Broderick. Ele faz este garoto que vive fingindo doenças imaginárias para poder faltar às aulas. É perseguido pelo inspetor de disciplina da escola, que tenta lhe aplicar um flagrante, para mostrar que está somente gazeteando, mas Ferris é (sempre) mais esperto. Passaram-se 22 anos desde que o cartaz da TV paga foi feito. Você não vai ver só uma comédia divertida sobre adolescentes. Ferris Bueller virou uma referência da cultura pop da época.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.