DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Marina Picasso vende quadros de seu avô por US$ 290 milhões

Obras vendidas foram pintadas entre 1905 e 1965

EFE

06 Janeiro 2015 | 11h13

A neta de Pablo Picasso, Marina Picasso, está vendendo alguns dos trabalhos de Picasso pertencentes à sua coleção privada por mais de US$ 290 milhões, segundo o New York Post. Além disso, ela pôs à venda a mansão que Picasso tinha em Cannes, na França, chamada 'La Californie'. 

Marina - filha de Paulo Picasso - está vendendo ao menos sete de suas obras, entre elas Retrato de Mulher (Olga) (1923), o retrato da primeira mulher do artista, por cerca de US$ 60 milhões. Além dela, vendeu Maternidade (1921) por US$ 54 milhões e Femme a la Mandoline (Mademoiselle Leonie Assie), de 1911, por US$ 60 milhões, segundo fontes consultadas pelo New York Post.

As obras, pintadas entre 1905 e 1965, estão sendo vendidas diretamente por Marina, que se reúne pessoalmente com os compradores de Genebra. Sua decisão de vender os quadros é, segundo uma amiga citada pelo jornal, "uma forma de deixar para trás o passado".

Mais conteúdo sobre:
Pablo PicassoMarina Picasso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.