Mais descoladas

O ponto mais descolado do litoral paulista atualmente é formado não por uma, mas por duas praias localizadas, para sorte dos turistas, bem ao lado uma da outra. Camburi e Camburizinho, ligadas pela faixa de areia e por uma rua de terra, compartilham o público formado por casais jovens (mas não adolescentes) ou nem tanto, grupos de amigos, algumas poucas famílias e muitos surfistas. O clima é rústico-chique: as ruas não têm asfalto e a descontração está no ar, mas os preços um tanto salgados são daqueles que só os adultos se dispõem a pagar. O mar de águas muito azuis, ondas fortes e a mata atlântica preservada são as principais atrações por lá. Há excelentes opções para se hospedar tanto perto da orla quanto na região conhecida como Sertão do Cacau, entre a Rodovia Rio-Santos e os morros da Serra do Mar. Nessa região também existem passeios e trilhas de ecoturismo para observar a fauna e a flora, além de cachoeiras, como a da Serpentina. Durante o dia, todo mundo circula de chinelinho - devidamente acompanhado por biquínis ou sungas de grife e óculos de sol enormes. À noite, o ambiente geral pede um pouco de produção, sem exageros, para a happy hour nos bares ou o jantar nos restaurantes. A melhor aposta gastronômica local, o restaurante Manacá fica em uma espécie de palafita, em Camburizinho. Os pratos têm como forte ingredientes brasileiros: o linguado com manteiga de trufas brancas, purê de batata e ervilhas tortas é um dos hits da casa (R$ 65 para uma pessoa). No quesito balada, Camburi tem a casa noturna O Galeão, decorada como um navio pirata e com uma programação de DJs às sextas-feiras e aos sábados. Manacá: www.restaurantemanaca.com.brO Galeão: www.ogaleao.com.brInformações: www.camburi.com.brETERNO HIT TODOS AMAM MARESIASPode-se afirmar sem erro que Maresias tem os quatro quilômetros de orla mais queridos de São Sebastião. Concorridíssima no verão, a praia preferida da moçada e dos esportistas nunca decepciona quem procura dias de sol, paquera e baladas. O surfe e os esportes na areia estão por toda parte. Há várias pousadas e até albergue da juventude, o Maresias Hostel. Gastronomia? Não há nenhuma opção incrível, mas restaurantes e pizzarias apenas honestos. À noite, a balada é a danceteria Sirena, que, há 15 anos, recebe público variado, de desencanados com visual quase hippie a superproduzidos. Maresias Hostel: www.maresiashostel.com.brSirena: www.sirena.com.brIlha: www.saosebastiao.sp.gov.br

O Estadao de S.Paulo

23 de outubro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.