Kirsty Wigglesworth
Kirsty Wigglesworth

Louvre de Abu Dhabi planeja revelar quadro adquirido de Da Vinci

'Salvator Mundi' foi adquirido por 450 milhões de dólares e integrará acervo do novo museu saudita

AP

19 Dezembro 2017 | 12h50

Um funcionário nos Emirados Árabes Unidos disse nesta terça-feira, 19, que o novo museu do Louvre Abu Dhabi está "muito orgulhoso" de ter adquirido uma pintura de Leonardo da Vinci vendida por 450 milhões de dólares no mês passado.

O diretor do departamento de cultura e turismo de Abu Dhabi, Saif Ghobash, disse a AP que o público poderá visualizar a pintura Salvator Mundi quando será revelada no museu "muito em breve."

O Wall Street Journal e o New York Times informaram que foi a obra foi adquirida por um príncipe herdeiro da Arábia Saudita. A embaixada saudita em Washington afirma que o príncipe comprou a pintura em nome do museu de Abu Dhabi.

+ Leonardo da Vinci pode ter desenhado 'Mona Lisa nua', dizem especialistas

"No final do dia, o que é mais importante é que a obra estará chegando ao Louvre Abu Dhabi ", disse Ghobash.

O museu está revelando uma nova exposição de cerca de 150 peças de obras de arte com coleções do Louvre em Paris e do Palácio de

Versailles. 

+ O limite do mercado da arte depois da marca de Leonardo de Da Vinci

A exposição, que se abre para o público em 21 de dezembro e vai até o início de abril, traça a história do museu do Louvre no século 18. 

Abu Dhabi concordou em pagar a França US$ 525 milhões pelo uso do nome Louvre para os próximos 30 anos e seis meses, mais outros US$ 750 milhões para contratar gerentes franceses que supervisionem 300 obras de arte emprestadas.

Mais conteúdo sobre:
Leonardo da Vinci Museu do Louvre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.