Lima Barreto e a arte nos limites da loucura

Literatura da UrgênciaLuciana HidalgoAnnablume247 págs., R$ 42 Autora de Arthur Bispo do Rosário - O Senhor do Labirinto, Luciana Hidalgo conta que foi quando escrevia sobre o artista plástico sergipano que teve a ideia para este livro sobre Lima Barreto. "Ali quis espreitar a loucura, apercebendo-me de formas muito diferentes, por vezes oníricas, por vezes dolorosas, de se ver e se relacionar com o mundo", escreve. Ela frequentou durante anos a Colônia Juliano Moreira, onde Bispo havia sido internado - e se impressionou como em contexto tão obscuro ele havia criado um mundo utópico. Resolveu seguir investigando a relação entre loucura e arte e acabou por encontrar o Diário do Hospício, de Lima Barreto, escrito quando ele foi internado no Hospital dos Alienados, nos anos 20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.