''''Leslie não queria as meninas atuando''''

Convencer a mãe foi o maior desafio do cineasta, que optou pela improvisação

Entrevista com

O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2021 | 00h00

Em entrevista ao Estado, Judd Apatow conta por que usa experiências pessoais para compor seus filmes, o trabalho de convencer a mulher a deixar as filhas participarem de Ligeiramente Grávidos e a amizade com o comediante Adam Sandler, com quem vai produzir uma comédia.Buscar inspiração na própria vida virou uma técnica rotineira em suas produções, como O Virgem de 40 Anos e Ligeiramente Grávidos. Contar experiências pessoais facilita na direção e na criação do roteiro?Fazer uma comédia não é nada fácil. Tenho sempre uma idéia do que quero fazer improvisando situações da minha própria vida. Quando tive minhas filhas, o médico também não apareceu, então achei que seria engraçado fazer uma piada sobre isso, embora tenha sido terrível na vida real. Isso é uma boa técnica para comédias românticas como Ligeiramente Grávidos.Que, apesar da improvisação, ainda ficam um pouco previsíveis, não?O filme é de certa forma previsível. Todos sabemos que eles terão o bebê e que talvez eles fiquem juntos. Mas isso permite curtir o filme, porque você fica querendo saber como eles chegam lá, o que é meio que a definição de comédia romântica, superar obstáculos.E por que aquela cena do bebê saindo da mulher?A gente nunca vê uma cena daquela, certo? É sempre a mesma cena mostrando apenas os joelhos e a cara de grito de mãe. Queria mostrar da onde vem aquela dor toda e que estar ao lado de alguém neste momento é quase que enfrentar uma batalha com um aliado.Ficou com medo de colocar as filhas no filme?Foi difícil convencer a Leslie a concordar com isso porque ela não queria vê-las virarem atrizes. Mas elas entravam falando aquilo que queriam, muito improvisado, algumas coisas eu pedia para elas falarem. Elas quase nem notavam que estavam atuando. Minha filha menor também vive perguntando coisas constrangedoras do tipo ''''De onde os bebês vêm?''''. Então decidi pedi que repetissem isso no filme.Você morou com o Adam Sandler e agora, muitos anos depois, vai trabalhar com ele na comédia You Don''''t Mess with the Zohan. Como é isso?Morei com ele no começo dos anos 90, quando ele ainda não era famoso. Hoje, nós dois temos filhos e nos mantemos muito amigos. Ter morado com ele dois anos só vai ajudar no trabalho que faremos juntos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.