Leni Riefenstahl e a propaganda do nazismo

É uma das lendas mais duradouras do cinema - e uma das mais controversas, também. Dançarina e atriz, Leni Riefenstahl virou a queridinha de Hitler e a cineasta oficial do Terceiro Reich. Ela fez filmes como O Triunfo da Vontade e Olimpíadas, que até hoje têm admiradores para suas qualidades cinematográficas, mas de resto são obras de propaganda destinadas a celebrar o culto do super-homem nazista. O documentário Leni Riefenstahl - Triunfo da Sua Vontade, de David Calvert, tenta reabilitar a diretora, defendendo a tese de que, como artista, voltada à exaltação do corpo humano, ela nunca se comprometeu com o ideário de Hitler. O filme passa às 17h45 no Telecine Cult. É polêmico, mas tem cenas grandiosas que expõem o gênio visual de Leni.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.