Jazz perde sua voz mais suave, Blossom Dearie

Uma das divas do jazz americano, a cantora Blossom Dearie morreu no sábado, aos 82 anos, em seu apartamento no Greenwich Village. A cantora ajudou a popularizar a bossa nova brasileira usando sua voz suave para interpretar canções de Tom Jobim e outros compositores. Em seu último disco, lançado há nove anos, Blossom?s Planet (Daffodil Records, selo independente da cantora), Blossom Dearie gravou uma nova versão de Wave, de Jobim. A cantora, que tinha formação clássica como pianista, morreu dormindo, segundo seu agente Donald Schaffer. Sua última aparição pública foi em 2006, em Nova York.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.