Japão compra a fábrica de piano de Viena

Surge uma nova era para a sesquicentenária fábrica de pianos Bösendorfer, de Viena. Fundada em Viena em 1828, a famosa fábrica, ícone da tradição musical austríaca (desde os tempos de Schubert e Liszt), acabou de ser adquirida pela Yamaha, gigante fabricante japonês de instrumentos musicais. Juntas, Yamaha e Bösendorfer agora farão concorrência pesada contra a também tradicional fábrica de pianos Steinway & Sons, que tem sede em Nova York e filial em Hamburgo. Coincidentemente, o maior ''''garoto-propaganda'''' da Bösendorfer, o pianista canadense Oscar Peterson, morreu no último dia 23, aos 82 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.