Jackson cai nas paradas, mas ganha mostra

Michael Jackson deixou de ocupar o primeiro lugar nas paradas britânicas, que liderou ininterruptamente durante oito semanas depois de sua morte. A coletânea The Essential Michael Jackson (2005) caiu para a sexta posição na lista semanal dos cem álbuns mais vendidos, segundo informações da empresa The Official UK Charts. Ainda na Inglaterra, o centro de eventos londrino O2, onde estava prevista a volta de Michael aos palcos, terá no segundo semestre uma exposição de objetos pessoais do cantor e compositor, de acordo com a organização, que, sem divulgar mais detalhes, informou que trabalhará com a família e pessoas próximas ao Rei do Pop.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.