Israelense Ayelet Zurer cansa as pernas para ser a italiana Vittoria

Atriz diz que se preparou para o papel de cientista madura [br]e sensual pesquisando tudo o que podia sobre a antimatéria

Luiz Carlos Merten, ROMA, O Estadao de S.Paulo

15 de maio de 2009 | 00h00

No livro de Dan Brown Anjos e Demônios, o semiólogo Robert Langdon tem um affair com a cientista Vittoria, que o ajuda a investigar o roubo da antimatéria e a caçar os illuminatti. Vittoria é italiana, no livro. O diretor Ron Howard utiliza vários atores em papéis pequenos, mas importantes. A principal personagem ?italiana? é interpretada por uma israelense, Ayelet Zurer. Por quê?Ayelet possui a beleza madura e a sensualidade intrínsecas à personagem, mas nada disso motiva Tom Hanks a levá-la para a cama, como o personagem faz no livro. Ela já havia aparecido em Munique, de Steven Spielberg. Ayelet passa o filme correndo de salto alto nos calçamentos irregulares de Roma. "Havia dias em que nem sentia mais as pernas, de tanto esforço, e isso que Tom (Hanks) sempre teve a cortesia de correr menos, para não me exigir tanto."Ela se preparou para o papel de cientista lendo tudo sobre a antimatéria. A personagem interessou-lhe porque representa uma geração de mulheres que, embora altamente qualificadas, ainda aceita viver à sombra dos homens. "Ela não desiste de sua sensibilidade pela carreira. É uma mulher que pensa. Mesmo subjugada pelo homem, ela não é um simples acessório. Me agrada a cena em que, na Biblioteca do Vaticano, ela arranca a página de um volume de 500 anos para fazer avançar a investigação. Não teria essa cortagem, mas alegro-me de que ela o faça."Sai a bela Ayelet e entra Ewan McGregor para o encontro com um grupo de jornalistas, num hotel de Roma, onde ocorre o lançamento internacional de Anjos e Demônios. McGregor faz o camerlengo, personagem decisivo, como sabe quem leu o livro. Algumas coisas essenciais mudaram justamente em torno desse personagem. McGregor admite que não sabia nada sobre o funcionamento da Igreja nem sobre o que acontece durante o conclave. No filme, o papa morre e, enquanto os cardeais se reúnem para escolher um sucessor, cabe ao camerlengo exercer o poder vacante no trono de São Pedro. É neste quadro que ressurge a ameaça dos illuminatti. Eles ainda existem? "Se Dan Brown não tem resposta para essa pergunta, como vou saber?" McGregor adorou a complexidade do personagem. "Ele ama a Igreja e precisa destruir aqueles a quem ama para protegê-la. Ele é levado pelos acontecimentos, e muita coisa ocorre ao seu redor." Como foi trabalhar com Ron Howard? "Ele foi ator e sabe como exigir e motivar seus atores."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.