BRUNA TIUSSU/AE
BRUNA TIUSSU/AE

Inhotim divulga data para reabertura ao público

Fechado desde 18 de março em virtude da pandemia, instituto retomará atividades no dia 7 de novembro; data poderá ser revista caso haja alertas das autoridades

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2020 | 11h58
Atualizado 08 de outubro de 2020 | 15h10

Correções: 23/09/2020 | 16h24

O Instituto Inhotim reabrirá as portas ao público no dia 7 de novembro, sábado. De acordo com informação divulgada, o espaço em Brumadinho, Minas Gerais, terá novas dinâmicas de funcionamento.

Fechado desde 18 de março, por conta a pandemia de covid-19, a instituição começou a implantar um protocolo de segurança em todas as suas instalações. 

Apesar de anunciar a reabertura, a direção do Inhotim afirma que poderá rever data caso haja alertas sobre novos surtos na região.

Como será a visitação em Inhotim após a reabertura

A visitação ao Inhotim ocorrerá nas sextas, sábados, domingos e feriados, nos seguintes horários: sexta das 9h30 às 16h30, e até às 17h30 nos outros dias.

O parque vai funcionar com 10% da capacidade habitual, com no máximo de 500 pessoas em circulação. Os ingressos precisam ser retirados on-line, via Sympla, com antecedência.

Até que a situação estabeleça patamares mais seguros, não serão permitidos grupos no formato de excursões, em vans ou ônibus de turismo. As visitas educativas serão feitas seguindo todas as medidas segurança, como redução do número de participantes (de 20 para 5), priorização de espaços abertos e troca de uniforme dos mediadores após o atendimento.

O uso de máscara é obrigatório. "É muito importante que o visitante acesse as novas normas antes de sua visita para entender especificações como funcionamento dos pontos de alimentação, circulação e transporte interno, galerias que estarão disponíveis e capacidade de público em cada uma delas", diz o comunicado da instituição.

Para obter mais informações, além do site do Inhotim o público pode ligar para a central de atendimento: (31) 3571-9700.

Os ingressos para o Inhotim custam R$ 44 (com direito à meia-entrada), e também estarão disponíveis passaportes para dois dias (R$ 76) e três dias (R$106). A última sexta-feira de cada mês terá entrada gratuita, exceto feriados.  Moradores de Brumadinho cadastrados no programa Nosso Inhotim não pagam entrada no Instituto.

Correções
23/09/2020 | 16h24

O parque de exibições será reaberto no dia 7 de novembro, e não 17, como dizia o primeiro parágrafo do texto. A informação foi corrigida.

Tudo o que sabemos sobre:
Instituto Inhotimmuseu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.