, O Estadao de S.Paulo

12 de fevereiro de 2009 | 00h00

Enredo: ?A lenda das sereias e os mistérios do mar?.Ficha técnica: 3.800 componentes, 32 alas, 7 carros alegóricos. Colocação em 2008: 1º lugar no Grupo de Acesso.História: Tudo começou com a escola Prazer da Serrinha, comandada por Alfredo Costa. Em 1946, Seu Alfredo mudou o samba na última hora e a escola amargou uma péssima colocação. Alguns integrantes, então, resolveram fundar o próprio grêmio, no qual prevaleceria a liberdade de opinião. No ano seguinte, nascia a Império Serrano. Em seus 62 anos de existência, foi campeã do carnaval nove vezes, sendo quatro delas consecutivas. Levantou ainda o caneco de 10 vice-campeonatos.Fique atento: O pivô da comissão de frente terá uma novidade: ele passará por uma transformação em plena avenida. Uma das alegorias virá com 5 mil garrafas PET e um polvo criado por profissionais de Parintins. Seus tentáculos e olhos serão movimentados por 17 profissionais instalados dentro dele.LETRA DO SAMBA?A lenda das sereias e os mistérios do mar?O mar, misterioso marQue vem do horizonteÉ o berço das sereiasLendário e fascinanteOlha o canto da sereiaIalaô, Okê, laloáEm noite de lua cheiaOuço a sereia cantarE o luar sorrindoEntão se encantaCom a doce melodiaOs madrigais vão despertarEla mora no marEla brinca na areia No balanço das ondasA paz ela semeiaToda a corte engalanadaTransformando o mar em florVê o Império enamoradoChegar à morada do amorOguntê, Marabô,Caiala e Sobá Oloxum, Inaê Janaína e IemanjáSão Rainhas do MarAutores: Vicente Matos, Dinoel Sampaio e Arlindo VellosoIntérprete: Nêgo e Gonzaguinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.