Imperatriz Leopoldinense

2ª (23), entre 23h10 e 23h40

, O Estadao de S.Paulo

12 de fevereiro de 2009 | 00h00

Enredo: ?Imperatriz... Só quer mostrar que faz samba também!?Ficha técnica: 3.500 componentes, 39 alas, 8 carros alegóricos.Colocação em 2008: 6º lugar.História: Foi fundada em 1959, na casa do farmacêutico Amaury Jório, com a missão de reunir a nata dos sambistas da Zona da Leopoldina. Em seu primeiro desfile, em 1960, conquistou a 6ª posição no 3º Grupo e, no ano seguinte, conquistou o título de campeã. No Grupo Especial, ficou famosa por realizar um "desfile técnico", o que a tornou uma das mais premiadas (oito vezes entre 1980 e 2001). Fique atento: O coreógrafo Alex Neoral, que foi bailarino da Cia. Deborah Colker, assume a comissão de frente pela primeira vez. O último carro presta dupla homenagem: à lendária quadra Cacique de Ramos, com a presença de figuras que fazem parte de sua história; e a Amaury Jório, considerado um visionário do carnaval, que sempre sonhou com um espaço reservado exclusivamente para as escolas de samba.LETRA DO SAMBA?Imperatriz? Só quer mostrar que faz samba também!?Vem curtir bom samba,pode chegarTem batuque de tantãUm cavaquinho a chorarQuem é do bairro nasceu com o dom de versarRamos! Numa fazenda foi que tudo começouE sobre trilhos o destino aqui parouFez o progresso então chegarRuas, casarões, mariangú, banhos de marNos carnavais, ranchos e blocos vão mostrarQue em nossas veias correm notas musicaisTrazendo paz e harmonia, paixão e razão de viverMaestro e menestréis vêm conhecerVão se encontrar?Villa Lobos, Pixinguinha e outros bambasA semente germinouDo Recreio então brotouNossa escola de sambaVai virar cenário de novelaVem comigo reviver, fala Martin CererêO grito de campeão vemArlindo, o que é que a Bahia temCom Lamartine és a mais belaLiberdade, liberdade na PassarelaE pra cantar o nosso orgulho, a nossa emoçãoMais cinco vezes o "é campeão"Na Leopoldina ecoou?Imperatriz, traz o Fundo de QuintalCom o Cacique eu vou, eu vouCinquenta anos de carnavalA festa vai começar, eu vou mostrarQue faço samba também, vem ver meu bemSe você fala de mim, não sabe o que dizMuito prazer! Sou a ImperatrizAutores: Carlos Kind, Di Andrade, Valtenci, Jorge Arthur e JosimarIntérprete: Paulinho Mocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.