Imaginar é a resposta à derrota cotidiana

El Viaje a La Ficción - El Mundo de Juan Carlos OnettiMario Vargas LlosaAlfaguara, 254 págs., R$ 69Segundo o peruano Mario Vargas Llosa, a ficção e a vida são temas da literatura desde tempos remotos. Mas em nenhum outro autor contemporâneo eles aparecem com tanta força e originalidade como na obra do uruguaio Juan Carlos Onetti (1909-1994). "Basicamente o que eu faço é investigar a maneira pela qual Onetti utilizou a ficção como um mundo alternativo." Esse universo é uma construção humana, uma vida paralela, de palavras e imagens tão mentirosas como verossimilhantes, na qual se refugiam aqueles que veem sua liberdade e sonhos frustrados. A obra de Onetti, segundo Llosa, mostra essa construção sutil feita pela imaginação, que serve como uma resposta à derrota cotidiana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.