Humanos

Astral

Quiroga, e-mail: astro@o-quiroga.com, O Estadao de S.Paulo

06 de abril de 2009 | 00h00

Data estelar: Mercúrio e Netuno em sextil; a Lua se aproxima da fase Cheia transitando por Virgem.Enquanto isso, aqui na Terra perante o transe e a crise profunda até o humano mais simplório torna-se hábil, ousado, incansável, dispondo-se a aceitar o desconhecido, inclusive porque não teria mais como fugir do próprio. Quando tudo está bem, nossa humanidade se acomoda em suas coisas, em seus móveis e imóveis, em seus hábitos, em seus personagens, constituindo-se como mais uma dentre as inúmeras coisas, "coisifica" a si própria, o que lhe rende um fundo amargo nos pensamentos e sentimentos. Ninguém aprecia as crises, tumultos e desventuras, mas do jeito que nossa humanidade rejeita sumariamente seu próprio e glorioso destino, não se vê outra forma melhor de despertá-la do seu torpor autoinfligido do que através da crise.ÁRIES 21-3 a 20-4O senso de responsabilidade não há de ser tratado de forma leviana, porque implica uma ajuda superior que não deve ser desvalorizada, mas arcada com a devida dignidade que pressupõe uma condição dessas.TOURO 21-4 a 20-5Um furacão pode trazer uma montanha de ouro à praia, que sem este aparente desastre nunca seria descoberta, por jazer no fundo do mar. Assim mesmo acontece com os tumultos que afetam a vida aparentemente normal das pessoas.GÊMEOS 21-5 a 20-6Muitas experiências são necessárias, a despeito do perigo que lhes são inerentes. Porém, como sua alma, curiosa, poderia satisfazer a sede de conhecimento sem envolver-se naquilo que a perturba interiormente? Não poderia!CÂNCER 21-6 a 21-7Cada degrau de desenvolvimento envolve uma tensão. É por isso que se fala tanto a respeito das crises como oportunidades, porque a tensão que vem com elas é o sinal que afirma sua elevação a um degrau superior do destino.LEÃO 22-7 a 22-8Um grande futuro está sendo construído agora mesmo, enquanto você lê estas linhas. Um grande futuro que precisa de atitudes fora do comum da parte de todas as pessoas que ainda tenham sonhos e ideais elevados para realizar.VIRGEM 23-8 a 22-9O ensinamento é sempre oferecido na hora correta, mas é preciso ter ouvidos entorpecidos para não ouvir um trovão quando surge para demonstrar que a chuva vem por aí. Quantos sinais você perdeu? Quantos foram aproveitados?LIBRA 23-9 a 22-10O medo engendra a feiura, porque através dessa lente seria impossível perceber a graça oculta por trás da aparência terrível de algumas situações. Sinta o medo, mas não permaneça nele, nem tampouco ouça seus insidiosos conselhos.ESCORPIÃO 23-10 a 21-11O Cosmo oferece a você a Vida para que você faça com ela a matéria de seus sonhos e realizações. Esse oferecimento é elevado e extremamente rico, serão assim também suas realizações? Confira isso todos os dias de sua existência.SAGITÁRIO 22-11 a 21-12Toda e qualquer circunstância, as agradáveis e as adversas, todas são úteis e propícias para continuar aprimorando o espírito. Sua presença há de se tornar transparente para que a luz do espírito brilhe sem impedimentos.CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1Toda pessoa que escolheu inventar seu próprio caminho há de aceitar a dose de solidão que vem com essa decisão. A solidão não precisa ser melancólica, porque é boa amiga também, faz companhia e oferece conselhos sábios.AQUÁRIO 21-1 a 19-2Você já sentiu o ímpeto de melhorar e leu os sinais que o destino, sempre misterioso, estendeu em seu caminho. Neste segundo momento vem a parte mais delicada, porque avançar depende inteiramente de sua força de vontade.PEIXES 20-2 a 20-3A proteção do mundo invisível só é possível sobre quem se esforça para trilhar o caminho correto, contrariamente do que a onda da normalidade de nossa civilização propõe. Quem não anda no caminho correto dispensa a proteção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.