Homens são 95%

Pesquisa retrata boleiro de elite

Cristina Padiglione, O Estadao de S.Paulo

02 de junho de 2008 | 00h00

Essa história de que mulher se interessa cada vez mais por futebol parece muito inusitada, mas é pura alegoria. Pesquisa realizada em 2007 e consolidada em maio passado para o Premiére Futebol Clube, canal de pay-per-view da GloboSat, indica que 95% dos entrevistados são mesmo do sexo masculino. A média de idade está em 33 anos (28% têm entre 25 e 34 anos; 22%, entre 35 e 44; e 16%, entre 18 e 24 anos).Do tipo qualitativa, a pesquisa foi feita pela Qualibest e somou 2.982 pessoas.As mulheres, isso sim, com média de 32 anos, lideram a lista das companhias mais freqüentes do assinante na hora do jogo. Em segundo lugar, com 25%, estão filhos de até 17 anos.Reflexo do poder aquisitivo de quem pode pagar mais para ver TV, a média mensal dessa turma esbarra nos R$ 5 mil; 69% chegaram ao ensino superior.Dos assinantes, atesta o levantamento, 74% juram que não abandonaram o hábito de freqüentar estádios em função da TV. Os times mais citados são Flamengo (15%), Corinthians (12%), Fluminense (12%), São Paulo (8%), Grêmio (7%) e Internacional (7%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.