, O Estadao de S.Paulo

12 de fevereiro de 2009 | 00h00

Enredo: ?Voilá, Caxias! Para sempre Liberté, Egalité, Fraternité, merci beaucoup, Brésil! Não tem de quê!?Ficha técnica: 3.800 componentes, 34 alas, 7 carros alegóricos.Colocação em 2008: 3º lugar.História: Em 1988, a Grande Rio se juntou com a Acadêmicos de Caxias, dando origem à atual Acadêmicos do Grande Rio. A escola estreou no ano seguinte com o enredo ?O Mito Sagrado de Ifé? e conquistou uma boa colocação: o segundo lugar. Atualmente, é dona de mais dois vice-campeonatos, conquistados em 2006 e 2007. Este ano, luta por seu primeiro título no Grupo Especial. Fique atento: À curiosa mistura do samba com o minueto francês, promovida por 42 pessoas que formarão um grupo soul em frente ao abre-alas. Nas fantasias, eles representarão, com toda pompa, a Corte do Rei Sol. Além disso, no quinto carro alegórico, batizado de ?Moulin Rouge?, a escola vai exibir uma ala com 100 dançarinas de cancã, todas membros da comunidade de Caxias. LETRA DO SAMBA?Voilá, Caxias! Para sempre Liberté, Egalité, Fraternité, merci beaucoup, Brésil! Não tem de quê!?O Rei Sol bordado em ouro e a corte... A brilharChampagne, um baile pra comemorarMistérios da Terra Brasilis vão se revelarNavegando, não imaginava encontrarVer tanta beleza seduzindo o meu olharUm grito tupinambá tocou meu coraçãoE foi saindo ?à francesa? VillegagnonAssim nascia São SebastiãoA força de um povo que revoltado... Se uniuCruzou fronteiras ?movimentando? meu BrasilVem o anseio de alcançar liberdadeMeu lema é egalité, fraternidadeEu vi nascerUm novo dia florescerSonhei com as cores de DebretEmoldurando o amanhecerMe encantava!Quando eu sentia seu perfume pelo arA Ouvidor era Paris a desfilarO grande cabaré, na Cidade LuzSonho ou ilusão que me conduzDe um ?passo?, fiz um traço no compasso da paixãoÉ o voo da evoluçãoFlores pra nação que sempre estendeu a mãoÉ festa, carnaval é uniãoMinha alma é tricolor!O meu orgulho é minha bandeira. Oui. Voilá!A Grande Rio balançaLe mon amour é a FrançaVem brindar!Autores: Deré, Emerson Dias, Rafael Ribeiro e MingauIntérprete: Wantuir

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.