''''Graças a Friends, hoje só trabalho por hobby''''

Lisa Kudrow, a Phoebe do seriado de TV, fala da sua atual fase

Franthiesco Ballerini, O Estadao de S.Paulo

04 de janeiro de 2008 | 00h00

P.S: Eu Te Amo, que estréia hoje nos cinemas brasileiros, pode ter sido mais um ofício para os atores Gerard Butler (300), Hilary Swank (Menina de Ouro) e Kathy Bates (Titanic). Mas para Lisa Kudrow, o filme não foi trabalho, mas lazer pessoal.Quatro anos após o fim da série televisiva Friends, a atriz que interpretou Phoebe diz, em entrevista exclusiva ao Estado, que não tem razões para sair de casa para fazer cinema pensando no futuro da carreira ou em questões financeiras, já que o absoluto sucesso da série fez com que ela e os outros integrantes do elenco (Jennifer Aniston, Courteney Cox, Matthew Perry, Matt LeBlanc e David Schwimmer) faturassem mais de US$ 1 milhão por episódio nas últimas temporadas.Por isso, em P.S: Eu Te Amo, dirigido por Richard LaGravenese (Escritores da Liberdade), ela faz uma participação despretensiosa como Denise, uma mulher cansada de namoros sem futuro e em busca de um homem ''''viável'''' para se casar.O que você acha da atitude quase feminista de Denise?Eu nunca fui de paquerar muito quando era solteira e a Denise não entende muito de paquera, o que fica bem claro na história. Eu entendo mulheres como ela que são impacientes, não querem perder tempo com conversa boba. ''''Você é gay?'''', ''''Você trabalha?'''', ''''Há a possibilidade de rolar algo?'''' e bola para frente. Não conheço muitas mulheres assim, mas algumas que gostariam muito de ser objetivas dessa forma.Concorda quando ela fala que agora é a vez de as mulheres tomarem as rédeas dos relacionamentos?Concordo com as frustrações das mulheres e o que as leva a pensar assim. Creio que não haja problemas em pensar assim.Como está a carreira no cinema agora sem Friends?Estou rodando Hotel para Cachorros, com a Emma Roberts e o Don Cheadle. É sobre órfãos que vão se mudando para várias casas adotivas. Eu e o Kevin Dillon fazemos os pais adotivos e a Emma tem secretamente um cachorro que fica escondido na casa. É meu primeiro filme família, estou gostando.Sua imagem ainda é marcada pela Phoebe do seriado Friends. Sente saudade da série ou foi tanto tempo no ar que não mais desperta esse sentimento?De certa forma, sim, eu sinto saudades. Era muito divertido. Sinto saudades de ver o pessoal do elenco todos os dias.O projeto de um filme foi realmente enterrado?Isso nunca iria acontecer. Os criadores do programa nunca foram seduzidos com a idéia de fazer um filme sobre Friends.Muito se fala sobre a dificuldade de o elenco de Friends prosseguir com a carreira no cinema, pela associação que o público ainda faz com os personagens. Isso é falado especialmente sobre Jennifer Aniston. Concorda com isso?Não sinto isso... (silêncio). Não, não acho que haja uma dificuldade. Todos parecem estar bastante ocupados e felizes hoje em dia. Isso é o que eu ouço dizer porque não tenho conseguido vê-los muito, cada um está num canto e eu tenho um filho, então não é fácil nos encontrarmos.Vocês ganharam uma fortuna com a série. Trabalha hoje apenas por hobby, certo?Só faço projetos que realmente me cativam, que são divertidos, roteiros que eu gosto e que meu filho possa ver. Graças a Friends, nós realmente não precisamos mais trabalhar na vida. Então, por que fazer algo que você não quer sendo que você não precisa fazê-lo?Vocês sentiam o peso do sucesso mundial de Friends quando até os atores convidados ficavam nervosos durante as gravações?Sim, tivemos a participação de atores muito famosos - como Brad Pitt, Julia Roberts, Jean-Claude Van Damme e Reese Witherspoon - e todos eles ficavam assustadíssimos quando entravam no estúdio. Acho que isso acontecia porque havia uma platéia, e atores de cinema não estão acostumados a atuar em frente de um público.Serviço P.S: Eu Te Amo (EUA/2007, 126 min.) - Comédia dramátoca. Dir. Richard LaGravenese. 12 anos. Cotação: Bom

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.