Glossário

Como todo clubinho que se preza, o mundo dos artistas do cinema é recheado de expressões e siglas que só os freqüentadores entendem. Eis algumas, pinçadas em Celebutantes: ROMAN POLANSKI: viver exilado. JOHN BELUSHI: overdose. PARIS HILTON: o fundo do fundo do poço. VIRGINIA WOOLF: tipo de morte para quando nada mais surte efeito. Basta encher o bolso com pedras e se atirar num rio. EMBAIXADOR DE HOLLYWOOD: alguém cujo trabalho é convencer celebridades a usar determinada roupa na entrega do Oscar. ATORHOLIC: estar viciada em atores narcisistas. FEBRE DA CELEBRIDADE: perda da capacidade de fazer as próprias compras no supermercado, ir à lavanderia, cozinhar, ou trocar uma lâmpada sem a ajuda de alguém. SEMANA DO OSCAR: época do ano em que se deve ver o terapeuta pelo menos uma vez por dia, entre sessões com personal trainer, estilistas, acupunturistas, massagistas, astrólogos e guias espirituais. PATRICINHA: alguém que não domina o lado emocional - ter pais, por exemplo, que se divorciaram há três anos e que ainda não contaram a ninguém porque estão preocupados com que os outros vão pensar. POLAROID: foto indispensável que deve ser feita antes de sair para as festas para se descobrir se o vestido é o correto. Afinal, só às fracassadas o espelho diz a verdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.