Divulgação
Divulgação

Galeria de Arte do Sesi fecha após ataque de vândalos

A pedido da curadoria do acervo do governo do Estado, a exposição 'Tesouros Paulistas', em cartaz no local, foi fechada

O Estado de S. Paulo

15 Dezembro 2016 | 15h57

A exposição Tesouros Paulistas, aberta na última terça-feira, 13, na Galeria de Arte do Sesi-SP, foi fechada a pedido da Curadoria do Acervo do Governo do Estado de São Paulo, que considerou o espaço vulnerável após os ataques de vândalos na noite de abertura, quando o prédio da Fiesp foi invadido e depredado.

 O ato colocou, segundo a Fiesp, em risco mais de 300 obras e, em especial, duas de valor inestimável e assinadas por pintoras modernistas: Ventania (1915), de Anita Malfatti e Operários (1933) ,de Tarsila do Amaral, que estavam expostas na parede que dá de frente para a Aavenida Paulista e que era protegida por mais de 26 metros de vidros, estilhaçados por ataques de rojões e esferas de metal arremessadas por vândalos. O Centro Cultural Fiesp também cancelou a programação do Fiesp/Sesi,  Domingo na Paulista, deste final de semana,

Mais conteúdo sobre:
Anita MalfattiTarsila do Amaral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.