EFE/FRANK MAECHLER
EFE/FRANK MAECHLER

Frei Otto é anunciado vencedor do prêmio Pritzker um dia depois de sua morte

Alemão que desenhou o Estádio Olímpico de Munique estava prestes a completar 90 anos

O Estado de S. Paulo, O Estado de S. Paulo

10 Março 2015 | 22h05


O comitê do prêmio Pritzker, considerado o Nobel de arquitetura, anunciou nesta terça-feira, 10, que o vencedor da edição de 2015 é o arquiteto Frei Otto. O alemão, contudo, morreu um dia antes, nesta segunda-feira, às vésperas de completar 90 anos. 

De acordo com a agência de notícias EFE, o arquiteto recebeu a notícia de que seria o vencedor do prêmio. "A notícia da sua morte é extremamente triste. Isso não tem precedente na história do prêmios. Nos alegramos que ele tenha sido premiado em vida", disse Tom Pritzker, presidente da Fundação Hyatt, que patrocina o prêmio. 


Conhecido como "arquiteto dos arquitetos", Otto se especializou e marcou sua obra ao dar novas formas a estruturas leves, capazes de se adaptarem a diferentes formatos, como malhas, por exemplo. 

Entre as suas obras, está o Estádio Olímpico de Munique, de 1972, e a Igreja de São Lucas, construída na cidade alemã de Bremen, em 1963. O brasileiro Oscar Niemeyer já recebeu o prêmio Pritzker, em 1988. 

Mais conteúdo sobre:
otto freiarquitetura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.