Eric Pickersgill
Eric Pickersgill

Fotógrafo retira celulares das pessoas em série sobre cotidiano

Artista americano 'removeu' os dispositivos das mãos dos fotografados e registrou a dependência e solidão humana na era da tecnologia móvel

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2019 | 10h40

Para questionar e registrar como as pessoas estão dependentes de aparelhos eletrônicos como celulares e tablets, o fotógrafo americano Eric Pickersgill criou uma série de fotografias que mostram pessoas como se estivessem segurando dispositivos pessoais. As imagens trazem cenas cotidianas que evidenciam o vazio e a solidão humana sem a tecnologia móvel.

A ideia surgiu em um café em Nova York, quando o artista observou o comportamento de um casal e suas duas filhas adolescentes. As meninas e o homem ficavam o tempo todo no celular. Em seu site, Pickersgill conta que se sentiu triste ao reparar no olhar e aparente tristeza da mulher, a única sem o aparelho nas mãos. De acordo com ele, "os dispositivos pessoais estão mudando comportamentos e se misturam à paisagem".

Nomeada como Removed (Removido, em português), a série começou no estado da Carolina do Norte, nos EUA, em 2014. Os dispositivos são retirados fisicamente, sem nenhuma edição depois que a foto é tirada. O fotógrafo orienta as pessoas fotografadas a manterem o olhar e a postura enquanto ele remove os celulares e tablets das suas mãos e registra o momento. 

"As fotografias representam reencenações de cenas que experimento diariamente. Aprendemos a ler a expressão do corpo enquanto alguém consome um dispositivo e, quando esses significantes são ativados, é como se o dispositivo pudesse ser visto em forma física sem a presença do objeto.", diz a descrição do projeto.

Pickersgill fez uma segunda série de fotos em 2018, dessa vez, nos países asiáticos Vietnã, Mianmar, Indonésia e Cingapura. Uma terceira está sendo produzida na Índia. O trabalho do fotógrafo já foi exposto na França, China, Canadá, Vietnã, Reino Unido, Itália e em várias cidades dos Estados Unidos.

Todas as fotos podem ser encontradas no site de Pickersgill.

 

Tudo o que sabemos sobre:
fotografiaEric Pickersgill

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.