Fotografia perde William Claxton

Morreu sábado, aos 80 anos, em Los Angeles um dos fotógrafos mais celebrados da era de ouro do jazz, William Claxton. Foi um dos gigantes, ao lado de Herman Leonard. A partir dos anos 50, Claxton tornou-se mestre em clicar músicos e celebridades, tentando enxergar "o drama de suas vidas". Fez registros clássicos de Chet Baker e Miles Davis. As fotos que fez de Steve McQueen são fascinantes, porque revelam a obsessão pela máquina e pela velocidade. Poucos fotógrafos registraram o "por trás da fama" com tanta acuidade. Ele estabeleceu o cânone do que viria a ser a foto clássica de jazzistas, que definia como "jazz para os olhos".

AP, O Estadao de S.Paulo

14 de outubro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.