Foliões e luta de classes na São Paulo dos anos 30

Os Carnavais de Rua e dos Clubes na Cidade de São PauloZélia Lopes da SilvaUnesp, 268 págs., R$ 48 Apesar da importância do tema para a cultura brasileira, o carnaval ainda é pouco estudado nos meios acadêmicos. E dentro da bibliografia disponível, os livros dedicados às manifestações paulistas são em quantidade ainda menor. Neste estudo, Zélia Lopes da Silva discute os "diferentes sentidos que foram atribuídos pelos contemporâneos ao carnaval brincado na cidade de São Paulo, de 1923 a 1938". Seu foco é "detectar as disputas diversas ocorridas nesses carnavais que evidenciam os vínculos e as diferenças de classe, presentes na organização, estruturação dos espaços das brincadeiras e apresentação dos foliões, e no registro ou não das diversas performances pela imprensa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.