Estudo sobre o lugar único da obra de Joseph Roth

Colaborador do Cultura e especialista em literatura judaica, Luis S. Krausz apresenta o percurso literário do escritor judeu austríaco, de língua alemã, Joseph Roth (1894-1939). Krausz analisa o lugar único da obra de Roth, mostrando as diferenças com as de outros escritores de mesma extração e mais conhecidos no Brasil, como Hermann Broch e Franz Kafka. Rituais Crepusculares - Joseph Roth e A Nostalgia Austro-Judaica propõe uma reflexão das condições em que a escrita da literatura moderna se realiza. Ela está dividida entre a saudade de uma pátria acolhedora, muitas vezes a projeção ideal de um passado, e a consciência dolorosa do exílio, a condição da existência da humanidade moderna.

, O Estadao de S.Paulo

06 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.