Estudo sobre as relações entre letra e melodia

Luiz Tatit e Ivã Carlos Lopes propõem uma análise semiótica de seis canções brasileiras - Terra e Fora da Ordem, de Caetano Veloso, Olê, Olá e As Vitrines, de Chico Buarque, e Eu Sei Que Vou te Amar e A Felicidade, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Eles se debruçam sobre as relações, ora conflitantes, ora convergentes, entre uma letra e uma melodia. Ele preenchem um campo de estudo que as abordagens tradicionais da musicologia e da literatura não contemplam, percebendo o cancionista como um artesão que desenvolve técnicas particulares. Com a interpretação adotada pelos dois autores, é possível perceber o que há constante e particular no processo de composição de cada músico.

, O Estadao de S.Paulo

13 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.