Especialista conta como a ópera nasceu e se difundiu

A ópera surgiu no século 17 como um "engano feliz" de artistas florentinos interessados em emular o teatro grego, realizando um espetáculo aristocrático para o prazer dos bem-nascidos. Autor de Ópera em São Paulo: 1952-2005 e grande pesquisador de música lírica, Sergio Casoy mostra como essa arte nasceu e rompeu a barreira de classe com a inauguração do primeiro teatro em que se cobravam ingressos, em Veneza, em 1637. Ele explica os elementos envolvidos no espetáculo operístico, como orquestra, coro, regência, balé e direção de cena. E, para dirimir dúvidas, usa o Tratado Completo da Arte do Canto (1847), de Manuel Garcia Jr., por meio do qual elucida a classificação das vozes líricas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.