Em cena

ModernaOs recursos para a reforma da Academia Paulista de Letras virão de patrocínios viabilizados pela Lei Rouanet. O projeto, da prancheta de Nice de Cara, manteve as características originais do prédio construído em 1948 no Largo do Arouche, no centro de SP. A repaginação dará um up para torná-lo mais receptivo à comunidade. O jogo de cena será feito com luzes, mobiliário e novos acabamentos. De BatomAs negociações começam a ganhar mais gás. Natura está para ser comprada pela Avon. Baião-de-dois Qualquer chega aparenente mais entre a diretora Monique Gardemberg e Fernando Altério, da CIE, não é pouca bobagem. Viraram parceiros na produtora Dueto.Pimenta do RioO thai Sawasdee, top de Búzios, finca bandeira no Rio. Sandra e Marcos Sodré abrirão um bistrô no 571 da Dias Ferreira. Marcos assume o novo e passa o buziano para Thiago, seu filho e novo chef.Tête-à-TêteO que poucos sabem é que o início do namoro entre Alckmin e Quércia - para convencer o primeiro a trocar o PSDB pelo PMDB - começou há exatos 21 dias no Via Castelli. Foi em reunião entre dois emissários: José Aníbal e Miguel Colassuono, muito bem instruídos pelos chefes.À primeira vista Na incursão do Cirque du Soleil no Brasil, Gui la Liberté, dono da companhia, apaixonou-se por duas figuras brasileiras: a coreógrafa Deborah Colker e o multiartista Gringo Cardia que, desde que receberam a encomenda de um espetáculo para o grupo, estão entre Rio e Montreal. A coreografia e a programação visual da temporada 2009 terá concepção dos brasileiros. ''''O pedido é criar em cima do tema natureza e meio ambiente'''', diz Gringo.Cidadão do bemA organização do protesto contra o caos aéreo fez ganhar massa o movimento Cidadão Responsável Informado e Atuante, que nasceu na sala da casa do empresário Marcio Neubauer em bate-papos com amigos e figuras políticas, como Fernando Gabeira e Soninha Francine. O C.R.I.A. vai virar instituto. ''''Era uma necessidade para executar programas como a arrecadação de verba para replantio de árvores em áreas do S.O.S Mata Atlântica'''', diz Neubauer que, até então, responsabilizava-se pelo projeto como pessoa física. Com a nova cara, as reuniões do C.R.I.A. serão feitas uma vez por mês na Escola São Paulo. A primeira será sobre plano diretor com o arquiteto Nabil Bonduik. Depois, o escritor Ferrez falará sobre a relação entre high e periferia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.