Em cena

Hey Hoje, Maria Manoella e Clóvis Torres leem pela primeira vez Neve, peça de Luciano Maza. No N.E.X.T. E tem o inglês Steve Lawler na D-Edge. Amanhã, Ros, DJ oficial da Beyoncé, toca no Royal. E dia 25, o DJ Sebastian Leger toca na Pink Elephant com warm-up de Marcelo Pastore. Coroa Não à toa o diretor internacional da Prada, Stephano Cantino, esteve em São Paulo semana passada procurando ponto para nova loja: o presente do mercado de luxo está nos Brics. Donata Meirelles levou-o também ao Rio para checar o mercado, onde a Daslu tem planos de abrir mais uma... Daslu. E a Daslu disputa com Tânia Loeb e André Brett a chance de administrar no Brasil a Hermès, cuja abertura prevista para março pode ocorrer somente no segundo semestre deste ano. Até os pregos usados na obra são importados - daí o atraso, segundo a JHSF. O sapateiro Christian Louboutin virá ao Brasil acompanhado pela melhor amiga, Diane von Furstenberg. Carlinhos Jereissati pilota festa para o sapateiro em 22 de abril, no Iguatemi - data da abertura da loja de Louboutin. Loucuras da moda: o CEO da marca americana popular Bank Clothiers Inc, Neal Black, tenta como pode vender seus ternos de US$ 199. A promoção: caso compre um terno, se o cliente perder o emprego até junho, será reembolsado em 100% do valor: "Sabemos que todos estão na berlinda. É como oferecer um seguro", diz. Nessas, poucos comemoram. Dov Charney, da American Apparel, é um que sim. Nos últimos 4 meses, suas ações subiram 13%, vendas 31% e o canadense investiu mais US$ 80 milhões no negócio, do qual o Lion Capital é sócio. Em 09 mais 30 lojas entram no portfólio, já com 260. Conhece o moço da foto? É o estilista Marc Jacobs. Só que não é foto; é pintura. Pintura-escândalo, hiperrealista, do incrível artista turco Taner Ceylan, com obras em exposição em NY na I-20 Gallery, de Alice Judelson, que esta semana recebeu ?visita? de uma ativista homossexual protestando contra o teor ubber-erótico dos trabalhos - que batem a casa das 40 mil libras. Exposição totalmente vendida. Taner é must know. Em tempos de crise, a palavra é know, não have. E... falando em Marc... o estilista está no Brasil para business e amanhã ferve numa disco do Arouche com 500 pessoas numa festa produzida por Pazetto para Natalie Klein. O ator Dionísio Neto está imerso no circuito judaico, indo a bat mitzvahs e shabats, para entender as relações e esse universo e encarnar Franz Kafka no teatro. Em Carta ao Pai, Kafka passa por uma fase frágil, quando se recuperava de tuberculose. "Era muito atormentado, antissocial, tinha medo de tudo. Ainda bem que extravasava escrevendo", ferve Dionísio. Em 8 de abril, ele abre ensaios no Sesc Santana: "Quero que opinem em absolutamente tudo." Nova experiência gastronômica? Chefs cozinhando no próprio fogão para clientes, como fazem Demian Figueiredo e Pila Zucca no Portas Fechadas. VP da Young & Rubican, Marco Versolato, demitiu nove pessoas da criação de uma só vez, na quinta-feira. "Cortei para contratar seniores, mantendo o budget", garante ele. O plano? Ter cabeças afinadas com o business - para otimizar a criação. São dois os novos integrantes da Young, João Jackel e Fábio Tedesqui. Atenção: Versolato está contratando. "E poderá ser mais que nove", avisa ele. O inglês David Kershaw injeta 1 milhão de libras no mercado publicitário abrindo no Brasil a agência M&C Saatchi. Por uma razão: "Era difícil ter presença global forte sem estar na América Latina. O País era a opção óbvia", diz o Group CEO da M&C Saatchi Plco. Kershaw nomeou CEO da agência no Brasil o também inglês Geoffrey Hamilton-Jones, que leva da McCann Erickson a vice-presidente Patrícia Weiss para cuidar de business. E com o dinheiro, Geofrey foi às compras. Levou a parte maioritária da agência de pesquisa Bolze & Buosi, que passa a chamar Saatchi/Insight. SANDUÍCHE - Dois carros em um. Um Scort prata 86 e um ouro de 87 foram deschavados e colados com fita isolante um no outro pelo artista plástico cult Matheus Rocha Pitta. Capô com capô, motor com motor. O processo do trabalho Drive Thru - segundo Matheus, ?quase sexual? - gira em torno de desmonte de carros. Foi filmado, desdobrado em desenhos e livro e será mostrado em São Paulo em 4 de abril na Galeria Vermelho. Mas antes, a obra fez ?pit stop? em NY, no Armory Show. NOVA CARA DO MUBE - Com estrutura enxuta e transformada em Ocip em 08 por sua Sociedade Amigos, o Museu Brasileiro da Escultura, projetado por Paulo Mendes da Rocha, começa a ganhar uma nova aura, como resultado da nova direção, de Jacob Klintowitz e Renata Junqueira - ela, um bom radar para o novo e para a cultura jovem. Vem aí até um prêmio, o MuBE de Arte Contemporânea. Renata falou ao Estado: O que pretendem com o museu? Tudo está em construção. Estamos fazendo um novo museu, com novo público. Queremos gente jovem. Hoje abre Grafite Fine Art, uma exposição com curadoria do Binho, grafiteiro. A agenda está cheia? Há muito o que fazer. A exposição do grafite vai até abril. São três etapas, em que 9 artistas expõem sempre com um convidado. Em maio faremos a mostra Cineclube Independente, onde vale de longas a filmes de celular e uma expo do belga Julien Friedler. No segundo semestre teremos o Prêmio MuBE de Arte Contemporânea, além de uma exposição sobre as manifestações do amor. Sobre o prêmio, quem julga e o que será oferecido? Já está aprovado pelo PAC. Jacob preside o júri, que tem museólogos e críticos. O prêmio será uma exposição, dinheiro e viagem. Torben Grael, em 2º com o Ericsson 4, deve contornar hoje o Cabo Horn na Volvo Ocean Race, que completa a 5ª etapa e dia 4 no Rio terá mais um brasileiro entre marinheiros. Reinaldo Conrad vai pilotar o Il Monstro, da Puma, na regatinha InPort Race na Guanabara. O filé das corridas de automóveis nesses tempos de crise é a GT3. Bancos e corretoras estão assinando cheques para ter logos nas carrocerias. Razão óbvia é o target certeiro. Pilotam os carros em dupla profissionais e milionetes, como Walter Salles e Ricardo Rosset. André Duek, da agência de marketing esportivo Siciliano e Duek, aposta nisso. LÁ EM CASA - São muitas viagens e desfiles, por isso Daniel Hernandez, um dos melhores maquiadores do fashion brasileiro, não consegue ainda parar para montar um cabeleireiro. A solução foi criar um espaço chez lui no 1.078 das Magnólias. "Vou atender uma vez por semana, mas gasto pelo menos uma hora com cada, nada correndo!", explica Hernandez. NASCE O SELO MONEY LAUNDRY Uma turma incrível, capitaneada pelas irmãs Sander, da Galeria de Toy Art Platik, está por trás do Money Laundry. É o selo coletivo mais fresh da cena das artes. A idéia é provocar e satirizar o mundo usando moda, foto, vídeo e arte como suportes. Como primeiro trabalho, Money Laundry monta em 14 de abril a exposição Creatures of the Night, com fotos de figuras da noite feitas por Marcelo Elídio - que é pop por seu trabalho no blog Freakstyle. Segundo passo, um guia de música. Quem são eles? Os designers Leandro Bevilacqua e Roderico de Souza, os publicitários Camila Fremder e Guilherme Facci, o consultor de moda Lucas Penido mais... Elídio e as Sander, Júlia e Nina. Nasa de um lado e o designer da Lancôme, Jean-Louis Guéret, do outro. Resultado? Ôscilattion, um super-rímel com um... vibrador no pente. Os 7 mil movimentos por minuto fazem o líquido encapar geral cílios, sem grânulos. A L?Oreal bate recordes de vendas com a máscara. Nos EUA vendeu 45 mil num mês. No Brasil planeja vender 45 mil em 09. Supla e João Suplicy gravaram no estúdio de Jack Johnson o primeiro disco do Brothers of Brazil. Os dois tocam todos instrumentos em todas as faixas. O som é rockabilly com pegada brasileira - coisa rara no repertório de Supla. Dia 24 voltam para a Califa e mixam as faixas com Mario Caldato, produtor dos Beastie Boys e do próprio Jack Johnson.

, O Estadao de S.Paulo

19 Março 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.