Em cena

HeyFrejat está em São Paulo para shows no Sesc Pompeia dias 6, 7 e 8 - e conta estar envolvido no universo de Clarice Lispector. É de Frejat a trilha do documentário sobre Clarice em finalização por sua sobrinha, Nicole Algranti. "Única música cantada é Que Venha a Deus, feita com Cazuza."Sem fioCorre no backstage político que o governador José Serra, à procura de um candidato a vice-presidente de densidade eleitoral, estaria de olho no PMDB do Nordeste. A aposta seria do pernambucano Jarbas Vasconcelos - um senador respeitado em toda a região e que fecharia bem a chapa.*Mas o próprio Vasconcelos acha impossível a indicação pelo partido. "A minha ala, dizem ser 10% da que ficaria com Lula." Uma rede social contra corrupção bomba online. Colocada há 3 dias no ar pelo delegado Protógenes Queirós, sem divulgação, até ontem já somava 271 membros. É para que as pessoas enviem fotos, vídeos denunciando o que precisa ser corrigido. Se Gritar Pega Ladrão, música de Bezerra da Silva, embala a página. O amistoso entre Brasil e Itália dia 10, em Londres no Emirates, estádio do Arsenal, será regado à... pinga. Sagatiba é a patrocinadora oficial.Robert Mapplethorpe na Fortes Vilaça. As fotos do americano, popular pelos nus masculinos, flores e portraits em branco-e-preto, serão mostradas em abril na galeria por Marcia Fortes e Alessandra Vilaça.Em meio à obra de restauro da Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte, boas surpresas para o patrimônio de São Paulo. Responsável pelo trabalho, a engenheira civil Maria Aparecida Soukef Nasser encontrou pinturas representativas de Deus no forro da igreja. "Perderam-se algumas tábuas e um estudo foi entregue aos órgãos de preservação para que decidam como completar a obra", diz. Encontradas também: imagens de Nossa Senhora da Anunciação e Cristo Crucificado e resquícios de papel de parede - o que mostra que foi mais rica do que se imaginava esta igreja de taipa, última parada dos enforcados na Liberdade. A obra será entregue em maio. Mulheres veem para aprender como se faz. Já os homens, bem... adoram pole dancing. O extinto Granfino dará lugar ao Sugar Peppers, primeiro clube do gênero de São Paulo. Na sociedade com Arthur Ribeiro estão Beto Bianchini e Dennis Russel, do The Palms, que importa argentina para estrelar o palco. "É sensual, mas sem strip", avisa Ribeiro. A ambiance tem assinatura do cenógrafo Zé Carratu. Abre em março, das 16 h à 1 h - para very happy hours. Falando em Carratu..., o cenógrafo é um dos ?ases? que o cineasta Paulinho Machline tem na manga para Trinta, seu segundo longa, que será rodado em 2010 depois de 3 anos de lapidação. Produção será de Joana e Mathias Mariani, da Primo Filmes; roteiro de Claudio Gasperin e Maurício Zacharia; orçamento de R$ 4 milhões.Chegou a vez da nova geração tomar conta do camarote Expresso 2222. A direção de palco do camarote neste carnaval será dos irmãos Preta e Ben Gil. Zeca Veloso, filho de Caetano, estreia como DJ. Só falta arrumar uma função, mas também entra na produção Eduardo, filho de Zé Pagodinho. Chegou o tempo em que ser carbon-free ou autossustentável é só ponto de partida. A onda do ecologicamente correto chegou também para a MPB. Uma nova banda vem entrando no hype por compor letras que têm a ver com... meio ambiente. O Rossa Nova dá novo tom ao som caipira enraizado em Renato Teixeira e ao rock rural de Sá & Guarabyra. Espanhola, aliás, está sendo regravada por Bezão, Xamã e Juka, que entram em estúdio bombados pela agência Maxxcomm para gravar o segundo disco. Tal é o engajamento do trio que, na entrada de shows, distribuem sementes de ipê. Hoje começa uma série de 11 shows no Ao Vivo Music. Sob o pseudônimo Calma, o grafiteiro Stephan Doitschnoff pintou diversos murais em São Paulo, Europa e EUA - onde seus grafites estão em superalta. Média de preço? US$ 5 mil. Pela galeria de Jonathan Levine, NY, lançou o livro Calma e o documentário Temporal, que colocará na roda brasileira em março. Stephan conversou com o Estado.Calma e Temporal são sobre uma cidade inteira grafitada. De onde veio essa ideia? Pirei em fazer uma vila, um site specific gigante. Morava em Londres e em 2006 voltei ao Brasil com encomenda de 10 telas e um superdeadline. Fui para um vilarejo em Lençóis, aluguei uma casa e fiquei dois anos no meio do mato. Acabei grafitando casas. E foi fácil convencer as pessoas?Achei que não iriam querer, mas foi o contrário. É uma comunidade quilombola muito pobre, que não tem muito o que fazer desde a proibição do garimpo, então famílias inteiras passavam o dia me vendo pintar. Entrei para o cotidiano deles, tomava pinga, café, nas casas. Teve gente que pedia para pintar cachoeira no quarto do filho, outro que queria prestar homenagem a um vereador que tinha pago a prótese dentária! Acabei pintando a Capela de Santa Luzia e o cemitério, que são ligados, no Morro Alto do Tomba. Ficou pronta num Finados, o dia mais importante, pois todo mundo sobe o morro para rezar. Veio um monte de gente da cidade.Agora vai para onde, mais exposições?Em 28 de fevereiro abro minha expo em L.A. na Scion Gallery. Depois do carnaval, lanço o livro em São Paulo. Farei uma expo no fim do ano no MAM. Qual a história por trás do nome Calma? Eu trabalhava na rua. As imagens eram perturbadoras, um retrato da neurose da cidade. É um contraponto. GUITARREIRA - "I?m Easy you know, treat me light, fuck me good. But if you don?t... Ill turn you into a bad dream." O refrão de rock Good Enough está na boca dos modernos. A música é da banda carioca Glass and Glue - coisa novíssima do cenário carioca. Há seis meses, a stylist Marininha Franco e a modelo Mayana Moura se juntaram ao produtor de cinema Paulo Ferreira e o guitarrista Fabricio Matos para fazer música. Entraram em estúdio e... olha que saiu um rockzinho bem do bom. As duas cantam. Eles tocam guitarra. Dia 13 fazem pocket no Combo 69, Rio. E planejam, para logo, uma minitour em São Paulo.Em apenas uma semana, o game produzido para a Honda pela agência BG Interativa, da Total on Demand, de Eduardo Fischer, virou campeão de acessos gratuitos no Brasil e Coreia, com 3 mil downloads em aplicativos na categoria entretenimento free.Não convidem para o mesmo jantar os senadores Aloísio Mercadante, do PT paulista, e Delcídio Amaral, do PT de Mato Grosso do Sul. Na segunda, a maioria do Senado queria o senador mato-grossense para segundo vice-presidente da casa, Mercadante reuniu a bancada e escolheu a senadora do PT de MT, Serys Slhessarenko. Depois, ouviu poucas e boas de Delcídio e ficou calado. O senador paulista não perdoa o sucesso político do senador mato-grossense e principalmente o sucesso dele com a ala feminina - pela qual é chamado de ?Dolcídio? . De doce. Abre em agosto a Escola da Praça - Centro de Formação das Artes do Palco, que está sendo comentada no meio como ?a escola dos Satyros?. Ivam Cabral, criador do núcleo teatral, passou os últimos dois anos montando para José Serra o projeto, que ocupará na Roosevelt o prédio abandonado da Secretaria da Cultura. Cabral falou sobre a escola ao Estado.Como funcionará o Satyros em parceria com a Secretaria da Cultura? Vamos dividir o projeto com outros coletivos. Chamamos os Parlapatões, As Dramáticas em Cena, o cenógrafo J.C. Serroni e o iluminador Guilherme Bonfanti para estruturar essa escola técnica. Os cursos serão de cenário e figurino, iluminação, sonoplastia, dramaturgia, humor, ator, diretor e de técnicas de palco. A duração será de 2 anos e o aluno formado sai com certificado técnico. Isso é inédito no Brasil, técnico em dramaturgia! Pra quem é a escola?Vamos abrir 110 vagas para seleção. É preciso ter 2.º grau completo, então todos, a partir desse requisito, podem participar. Mas nosso olhar maior é para a periferia, já que alunos receberão bolsa de um salário mínimo bancado pela secretaria. Tudo pronto para agosto?Em agosto abrirá em outro local da Secretaria da Cultura, na Celso Garcia, pois nosso prédio só fica pronto no ano que vem. Começaremos já com força total. Para mim é um projeto de vida, maior que eu, que um dia saio desse mundo; ele vai continuar na Praça Roosevelt.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.