Em cena

HeyDias de GP Brasil, dias de festa. Hoje no Museum a Johnnie Walker faz uma para Lewis Hamilton - e Raul Boesel é o DJ. Briatore faz a dele no Unique dia 1. Pós-GP tem festa da Ferrari na Disco e a Red Bull faz a despedida da F1 de David Coulthard no Memorial com Gorillaz, Carl Cox, Marlboro e D2.Como no mundo Para que, como na época de Ciccillo Matarazzo, a Bienal se beneficie do prestígio de seus conselheiros em vez do contrário, como nos últimos anos, Manuel Pires da Costa diz que, com o novo estatuto, o próximo presidente terá missão de fazer todos colocarem a mão no bolso: "Conselheiros terão de agir como filantropos." Mais que certo. Nomeada por Nizan Guanaes para produzir de 5 a 8 de novembro desfiles do Claro Rio Summer, Fernanda Abdalla conta os hypes do evento ao Estado: Qual a ?vera? intenção de Nizan?Até então Miami fazia o evento mais popular de moda de alto-verão. Achamos que cabe ao Rio esse crédito, pois é para o Brasil que o mundo olha quando faz essa moda. Investimos R$ 12 milhões para fazer um evento de padrão internacional, com DNA brasileiro, lyfestyle carioca, e trazer o rótulo para cá. Os desfiles, menores, focam venda. Virão os jornalistas mais persuasivos do Globo e convidamos gente como a modelo Natalia Vodianoa e Valentino para fazer repercutir. Rio Summer ferverá com...Caetano canta dia 5 na piscina do Fasano, seguido de jantares na casa do Nizan e (da modelo) Andrea Dellal. A idéia é que pessoas fiquem no vaivém. Dia 6, Miele desfila numa alameda com vista para o mar, no Forte de Copacabana, onde tudo acontece. Para lançar a marca 284, Luciana Tranchesi e Helena Bordon chamaram o Le Parkour e farão festa na The Week. Adriana Degreas faz no Copa desfile em homenagem a Carmen Mayrink Veiga, com Bebel Gilberto ao vivo. Dia 7, o editor da Vanity Fair, Michael Roberts, lança o livro Saved em Ipanema, na praia! No dia 7, Isabella Capeto fecha a Rua Dias Ferreira para uma roda de samba. E dia 8 a Lenny e Osklen desfilam em tenda no Posto 10 e lá fazem um luau. Martelo: Uma jóia rara guardada há anos no ateliê de um artista vai a leilão: a bandeira feita por Hélio Oiticica para o cenário do famoso show da boate Sucata, Rio, usada como pretexto por militares para prender Caetano e Gil em 68. É uma das quatro originais certificadas pelo Centro Hélio Oiticica. Avaliada em US$ 180 mil, terá lance inicial de R$ 300 mil. Aloísio Cravo bate o martelo terça no Unique. Eco: E mais do que Gil, o sucesso da tour Banda Larga é Bem Gil, filho do cantor. Bem é novo solteiro da praça. Crisântemo: No lugar das 400 toneladas de entulho, 80 casas de invasão e 11 clubes clandestinos, o Parque do Povo terá... 40 mil mudas de flores, que Andrea Matarazzo começa a plantar hoje. E ele avisa: doações são bem-vindas para finalizar o projeto do paisagista André Graziano.Troca: O piloto de Indy Tony Kanaan tirou do capacete o logo de patrocinadores para colocar o da Bota pra Fazer, iniciativa da Endeavor, que conecta pequenos e médio empreendedores. A razão? Incentivar os jovens a colocar em prática suas idéias.Match-Point: Ana Paula Junqueira, presidente da Libra, em 2009 vai trabalhar pelos meninos da perifa, montando quadras de tênis em tais bairros. "Esporte é a ótima coisa para preencher tempo e afastá-los da violência." Os custos serão arcados pela Head, das raquetes de seu marido Johan Eliash.DOIS DA SUL - Em muros do Capão Redondo, um dos bairros mais violentos de São Paulo, a Coluna descobriu pinturas do Gente Muda. Eles não mostram o rosto, não permitem revelar seus nomes, apenas dizer que são dois artistas. Sábado, mostram obras na Fábrica de Criatividade no... Capão. O traço, absurdo, e influências vêm do cubismo e surrealismo. As cenas são mensagens transmitidas à comunidade da zona sul. Gente Muda fala ao ?Estado?:No Capão, a comunidade fica na expectativa das pinturas. Mas a maioria não sabe que cara vocês têm. O que se pode contar do Gente Muda?Não mostramos cara porque a arte é que importa. Pintamos desde a escola e quando começamos assinavámos "Somos", que é um palíndromo, mas chegamos nà idéia do Gente Muda pela ambigüidade da palavra porque retratamos o cotidiano da região, provocamos questionamentos e incentivamos pessoas pela pintura. ?Muda? pode ser de mudança ou de calado. A primeira pintura...Tomamos banho de tinta da polícia, o cara esculachou a gente. Aí passamos a pintar de manhã para evitar boicotes. Uma vez pintamos um defunto gigante. Apagaram. Voltamos lá fizemos na proporção um personagem vivo, ostrando o dedo. Apagaram de novo, e a pessoa não se identificava. Pintamos de novo, outro personagem com um saco na cabeça e deixaram. Acho que dessa vez gostaram. Raramente a gente recebe uma crítica negativa. Porque no fundo todos aqui pensam em mudar, mas nem sempre têm uma atitude de fato. A imagem serve para incentivar. MoviolaO diretor BruceLaBruce do filme cult underground Otto - fervo do Sundance - negou convites de 40 festivais para mostrar o filme, mas pediu a André Fischer para fazer parte do Mix Brasil. Passará 5 dias na cidade, com ferveção encomendada. Há um mistério sobre seu verdadeiro nome, que ele declara ser Justice, assina como Bruce LaBruce. Seria... Bryan Bruce. 5,4,3,2,1 - O icônico PJ Clarke?s, restô americano calcado na culinária francesa e que faz o hambúrguer mais pop de Manhattan, abriu portas em São Paulo terça, dia cabalístico para bons negócios e também dia de São Judas Tadeu- exatamente às 21h16, momento de entrada da próspera lua nova. Funciona em esquema soft até dia 7, quando abre ao público após três meses de testes na cozinha para que sabores e texturas sejam iguais aos da matriz. O famoso hambúrguer? Tem 200 gramas de carne de Nelore e vem sobre uma cama de cebola, um dos quês de seu sabor - e isso é história. Quando fundou o saloon em 1884 , Patrick J. Clarke servia o sanduíche em minipratos de papel. Para que não grudassem, os colocava sobre... cebolas. "Decidimos não importar nenhum ingrediente, então criamos um queijo americano e o pão adocicado aqui. E o resultado é super-PJ?s. Os copinhos em que são servidas as batatas vieram na minha mala", conta Maria Rita Pikelny, sócia brasileira de Patrick Boyle e Phillip Scotti que vão espalhar o nome PJ Clarke?s na América do Sul, Rússia e China. O P.J?s - que brasileiros adoram - em SP fica no 568 da Mário Ferraz. RGLAND - Paula Raia e Fernanda Degoe, sócias da Raia de Goye, têm novo QG. A marca cresceu 300% nos últimos dois anos e, para acomodar o time de costureiras e de estilo, mudaram para um galpão de 800 m² em Pinheiros. Um segredo? Cada peça demora em média 2 semanas para ser finalizada - e tudo é feito pela dupla: "É importante acompanhar para manter a qualidade", diz Paula que se concentra no desfile do ClaroRioFashion, que terá cenário do artista plástico Sandro Akel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.