Elton John volta ao País para 2 apresentações

O inglês, que veio ao Brasil em 1995, vai estar com sua turnê Rocket Man no Anhembi em 17 de janeiro e no Rio, dia 19

Roberta Pennafort, RIO, O Estadao de S.Paulo

05 de novembro de 2008 | 00h00

Depois de 13 anos de espera, o público brasileiro voltará a ouvir os maiores sucessos de Elton John ao vivo. Os shows da turnê Rocket Man, que desde o ano passado já passou pela Europa, Ásia, Austrália, África e América do Norte, foram confirmados para os dias 17 de janeiro, no Anhembi, e 19, na Praça da Apoteose, no Rio. Sua única apresentação no Brasil tinha sido em 1995. A abertura será com James Blunt. Os preços dos ingressos regulam com os dos concertos de Madonna, em dezembro: pista premium a R$ 550 e pista comum R$ 250. Carteirinhas de estudante são aceitas.Os ingressos para São Paulo começam a ser vendidos neste sábado; para o Rio, no domingo. Em ambos os dias, a partir das 22 horas, pelo site www.ingresso.com.br e o telefone 4007-1007 (ligação de qualquer cidade brasileira). O telefone vai funcionar 24 horas no fim de semana. A partir de segunda-feira, o horário será das 6 horas à meia-noite. Também haverá venda no Pacaembu, a partir de domingo, e no Maracanãzinho, a partir de segunda, à exceção dos dias de jogos. Os fãs de Sir Elton podem esperar todos os clássicos de seus 40 anos de carreira, já que o show, de duas horas de duração, se baseia no álbum Rocket Man - The Definitive Hits, lançado no ano passado. O provável repertório: Bennie and the Jets,Crocodile Rock,Your Song, Sorry Seems to Be the Hardest Word, Goodbye Yellow Brick Road, Sacrifice, Tinderbox, Skyline Pigeon, Don?t Go Breaking My Heart, Sad Songs, Philadelphia Freedom, Daniel, I Guess That?s Why They Call It the Blues, Tiny Dancer, Don?t Let the Sun Go Down on Me, I?m still Standing. Elton quase veio há cerca de dois anos, quando chegou a ser anunciado um show na Praia de Copacabana. Os aficionados ficaram decepcionados quando a apresentação foi desmentida. "A expectativa é muito grande. O show vai reunir pais e filhos, já que o público do Elton tem acima de 35 anos e o do James Blunt, mais garotada", diz Luiz Oscar Niemeyer, diretor-geral do projeto.No Anhembi, são esperadas cerca de 30 mil pessoas; e na Apoteose, 35 mil. Niemeyer contou que optou pelo Sambódromo do Rio de Janeiro (criticado por conta de problemas com o som, verificados em grandes shows anteriores) por ser um lugar menor do que o Maracanã, e, portanto, com uma visão melhor do palco. Ele já realizou lá quatro edições do Hollywood Rock e um show de Eric Clapton. A Apoteose já viu também Pearl Jam, Roger Waters, Bon Jovi, Avril Lavigne e Robbie Williams.Em 95 - no Ibirapuera e no Estádio da Gávea -, a abertura foi com Sheryl Crow. A opção pelo britânico James Blunt (primeiro lugar nas paradas nos EUA com o single You?re Beautiful) foi do próprio Elton. Curiosamente, ele o desbancou ao se tornar o primeiro artista não-americano a conquistar a posição depois de Candle in The Wind, de 97 (ano da morte da princesa Diana, amiga de Elton, a quem a música, originalmente para Marilyn Monroe, foi dedicada). Além de You?re Beautiful, Blunt vai cantar sucessos como Same Mistake e Carry You Home (as três músicas foram incluídas nas trilhas sonoras das últimas novelas das 8 da TV Globo, sendo Carry You Home o tema do personagem de José Mayer em A Favorita).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.