Disputas de poder que envolvem os trabalhadores

Doutora em sociologia pela USP, a antropóloga Ana Lúcia Marques Camargo Ferraz apresenta neste livro pesquisas de mais de 10 anos com alguns grupos de trabalhadores. Ela investigou as estratégias criadas pelos empregados para disputar o poder que determina as regras cotidianas nas relações de trabalho. Além das entrevistas que realizou, a autora apoia-se no pensamento de teóricos estrangeiros como Benjamin, Bachelard, Rancière e Bergson. No Brasil, ela se valeu das pesquisas de Ecléa Bosi e Luis Alberto de Abreu. Ana Lúcia desenvolve trabalhos com a metodologia do filme etnográfico e é produtora, entre outros, de Jean Rouch - Subvertendo Fronteiras e Filme Partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.