Discernimento

Astral

Quiroga, e-mail: astro@o-quiroga.com, O Estadao de S.Paulo

22 de outubro de 2008 | 00h00

Data estelar: Às 23h09, horário de verão de Brasília, o Sol ingressa no signo de Escorpião; Lua míngua em Leão.Enquanto isso, aqui na Terra, no meio desta grande confusão em que se transformou o mundo, tudo é uma lição de discernimento, uma capacidade mental que distingue o falso do verdadeiro, o ilusório do real. O discernimento é um trabalho lento e árduo, mas de conseqüências libertadoras. O desafio humano da atualidade é o de enxergar através do lubrificado sistema de conceitos, crenças e dogmas que preservam o medo no coração. As escolhas que cada ser humano fizer e os riscos que assumir para destruir as crenças e dogmas que impedem a visão da verdade são essenciais para despertar o poder de dominar a própria Vida e navegar por ela com graça e leveza, condições estas que não fariam sentido algum, não fosse que estão impressas na alma humana.ÁRIES 21-3 a 20-4Desconfie das pessoas que só enxergam facilidades, porque elas não apontam para o caminho correto. Ao mesmo tempo, aproxime-se das pessoas realistas, que levam em consideração as dificuldades, mas que não desistem por causa dessas.TOURO 21-4 a 20-5Poucas pessoas compreendem o que verdadeiramente acontece no mundo, porque não tomam distância suficiente nem questionam suas crenças e hábitos. Por enquanto, a ignorância parece proteger, mas isso não será assim por mais tempo.GÊMEOS 21-5 a 20-6Tentar fugir da responsabilidade assumida só pioraria as coisas. É difícil assumir o que precisa ser feito, isso é real. Porém, mais difíceis seriam os resultados de tentar fugir para uma condição aparentemente segura.CÂNCER 21-6 a 21-7Agora é mais importante que você desenvolva manobras e estratégias para garantir a satisfação de seus desejos do que satisfazê-los, já que este destino seria fugaz, enquanto as manobras durariam muito tempo.LEÃO 22-7 a 22-8Faça o possível para ir se livrando do peso excessivo, viaje leve por entre o céu e a terra. Com o tempo, inúmeros objetos foram se acumulando e como cada um desses requer cuidado, o tempo livre foi ficando curto, curto demais.VIRGEM 23-8 a 22-9O equilíbrio é o estado que dá mais trabalho sustentar, pois qualquer coisa pode acabar com ele. Este é um momento de equilíbrio em sua vida e, por isso, agora vai dar para entender melhor o acréscimo de atividade, que parece exagerado.LIBRA 23-9 a 22-10O Universo não está em desencanto, mas nossa humanidade teima em sustentar ilusões que drenam sua energia e, por isso, provocam uma confusão dos diabos o tempo inteiro. A esse respeito, vale a pena enfrentar a desilusão libertadora.ESCORPIÃO 23-10 a 21-11A verdade e a mentira estão misturadas nos relacionamentos e projetos de trabalho. Algumas mentiras podem parecer confortantes, porque evitam maiores explicações, mas a longo prazo este conforto não prevalecerá, e sua alma sabe disso.SAGITÁRIO 22-11 a 21-12Sua viva inteligência precisa dormir um pouco mais, de modo que não crie problemas agora, em que não é possível ampliar as perspectivas do jeito que seria desejado. Por enquanto, é melhor permanecer onde você se encontra.CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1Agarre-se desse subversivo sentimento de alívio ao contemplar o estado atual do mundo. Este sentimento é contrário à onda de pânico que as pessoas acham natural assumir, mas é real, não pode ser simplesmente descartado.AQUÁRIO 21-1 a 19-2Você ainda não ofereceu tudo que sua alma guarda em potencial. A partir de agora, será necessário depositar confiança nos relacionamentos vigentes, pois será nestes que a oportunidade de evoluir se dará.PEIXES 20-2 a 20-3A verdade beira o inverossímil, e por isso não é de admirar-se que as coisas aconteçam sob o nariz das pessoas e ninguém pareça desejar perceber que o mundo é, de fato, uma enorme farsa. O que fazer? Esta é a pergunta crucial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.