Direto da Fonte

FranquezaDo alto do seus 84 anos, Olavo Setúbal não titubeou. Em reunião fechada para investidores, que tomou praticamente toda a quarta-feira, sobre o Grupo Itaúsa, na Apimec - Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais, não quis deixar sem resposta uma pergunta sobre a concentração de investimentos da holding da família Setúbal no sistema financeiro, algo como 90% dos seus ativos. "A Itaúsa começou sua vida na indústria, sempre gostei de indústria. Tanto que temos a Itautec, a Duratex, a Deca e a Elekeiroz. No entanto, ao longo dos anos, ante a instabilidade da economia, a indústria financeira se tornou mais vantajosa. E ainda o é." Foi claro?Regras malfeitasCorre que já se sabe quem vai vencer o leilão das hidrelétricas do Rio Madeira, na segunda-feira.O consórcio que conseguiu especular mais antes do leilão com a comercialização de energia.Âncora Ana Paula Padrão na mira da Record? "Se estão de olho em mim, não me disseram nada", diz a jornalista, sobre os boatos dos últimos dias, que dão conta de que o SBT está revendo os grandes salários. O contrato de Ana Paula na emissora vence em 2009. Se for rompido - por qualquer das partes - antes disso, a multa é estratosférica.Palco, platéia, paz e amor Em clima zen, Sting e seus companheiros do The Police chegaram ontem ao Brasil. A banda, que se apresenta amanhã no Maracanã, está hospedada no Copacabana Palace. Na bagagem, uma cozinheira vegetariana. Entre os pedidos, um instrutor de pilates e um massagista. Disponíveis em tempo integral. No estádio, cada um terá seu próprio camarim. O de Sting tem fonte de água, tapete para ioga e sofás assinados por Philippe Starck. Se Raoni vai ao show? Provavelmente, não. Eles estão brigados.Tango 1Pela primeira vez, na Argentina, um presidente civil eleito nas urnas em uma "situação normal" não fará o tradicional percurso em carro aberto desde o Congresso Nacional até a Casa Rosada pela avenida de Mayo neste domingo. Cristina Kirchner, paranóica com a segurança, pediu um carro fechado. Tango 2Já os assessores de Néstor Kirchner estão preparando uma grande manifestação "espontânea" de despedida após o encerramento da cerimônia da posse. Os prefeitos dos municípios da Grande Buenos Aires, o tradicional curral eleitoral dos peronistas, pretendem levar mais de 30 mil pessoas à Praça de Mayo, para dar urras a Néstor.Futura Geni?Se perder a CPMF, na semana que vem, o governo já tem um Cristo para crucificar: o ministro Guido Mantega. A oposição o acusa de ter sido intransigente demais. E tem gente no governo achando que a oposição tem razão. You first Primeira empresa na América Latina a se arriscar num canal de marca, a Nestlé entrou no YouTube com comerciais do Nescau. Mea meia culpaO Ministério Público de São Paulo, em blitz de trabalho escravo na região do Bom Retiro e Brás, encontrou peças com etiquetas das lojas Renner e Marisa. As lojas se apressaram em assinar compromisso de maior cuidado nas compras.Coringão na cabeçaDe um corintiano conformado: certa vez, em um jantar, o anfitrião se desculpava com Frank Sinatra por não lhe dar a cabeceira da mesa. The Voice deu de ombros: "Não se preocupe, a cabeceira será onde eu estiver." É o que sonha a Fiel: enquanto o Corinthians lá estiver, a 2ª divisão do Brasileirão passa a ser a primeira.Impressão digital Gabriel JaramilloBoa parte do mercado financeiro brasileiro tem dúvidas sobre o destino do ABN Amro/Real no Brasil, acreditando que o Santander, seu novo dono, vai acabar absorvendo a operação. Não é o que diz Gabriel Jaramillo, presidente do banco espanhol por aqui. "O Real é um excelente banco e uma marca forte. Vamos manter as duas operações em separado", avisa, lembrando que, na Espanha, o Santander comprou, há dez anos, o banco Banesto, quarto no ranking do país. E até hoje eles concorrem e operam separadamente. Aliás, é Patrícia Botin, filha de Emílio Botin, do Santander, que toca o Banesto.Na frenteNo dia 13, quando se festeja o bicentenário do almirante Tamandaré, o ministro Nelson Jobim tem uma "surpresa" para as três armas. Deve anunciar aumento de 27% já, e uma complementação a partir do ano que vem.O premiadíssimo chef Erick Jacquin recebe hoje para um jantar. Só de homens. Para os antigos habitués, o fato beira a heresia. O local onde funcionou o Baiuca, na Praça Roosevelt, reabre hoje. Ocupado por uma loja Extra Fácil, do Pão de Açúcar. Vem aí a primeira das cinco concessionárias Mahindra planejadas para São Paulo. Resultado de associação do grupo indiano Brahmma e da brasileira Bramont que está produzindo picapes em Manaus. O Fundo Tarpon vendeu a participação na antiga Acesita - hoje Arcelor/Mittal, esta semana. Por R$ 420 milhões. Um investimento emblemático do fundo. Metamorfose ambulante dá nisso. Na terça-feira, o chanceler Celso Amorim elogiou Hugo Chávez pela "maneira tranqüila e elegante" com que aceitou a derrota no referendo. No dia seguinte, em discurso pela TV, Chávez definiu o resultado como "uma vitória de m...".ColaboraçãoSilvia Penteadosilvia.penteado@grupoestado.com.brDoris Bicudodoris.bicudo@grupoestado.com.brGabriel Manzano Filhogabriel.manzanofilho@grupoestado.com.brProduçãoMarília Neustein e Elaine Friedenreichdiretodafonte@grupoestado.com.brfotosdafonte.estado@grupoestado.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.