Direto da fonte

Cerco ao radicalismo Por esta os grupos neonazistas não esperavam. O deputado Marcelo Itagiba acaba de criar uma comissão externa na Câmara para acompanhar as investigações das redes neonazistas no País. A ser comandada por ele. Poderá começar por um festival mundial de música skinhead marcado para dia 6, em Macaé, no Estado do Rio, que está sob fogo cerrado: organizações antifascistas já se mobilizam contra. O blog oficial do festival nega inspirações fascistas e neonazistas mas destaca, como sua principal atração, a banda Endstufe, famosa por divulgar material nazista na Alemanha. Todo ele de ataques a negros, judeus e estrangeiros.A vez do morroLula recebe no Rio, amanhã, um censo atualizado sobre a vida nas três maiores favelas da cidade - Rocinha, Manguinhos e Alemão. Pezão, vice de Sergio Cabral, garante que é um retrato bem detalhado sobre as necessidades dos seus moradores. Tudo que uma boa campanha eleitoral precisa.Passo a passoClaudio Maffei, prefeito de Porto Feliz, não deu sorte. Caminhou a pé os 112 km entre sua prefeitura e o Palácio dos Bandeirantes. Mas ao chegar, ontem de manhã, José Serra já estava em... Paraisópolis. Na arenaGraduado petista paulista garante ter ouvido de Marta Suplicy que ela está, sim, no páreo para o Bandeirantes em 2010. Só desiste se Antonio Palocci sair candidato. CinquentinhasGrande evento abre as comemorações dos 50 anos de carreira de Maurício de Sousa. Primeira de uma série, uma homenagem no MuBE inclui documentário da HBO sobre o pai de Mônica e Cebolinha. Dia 18 de julho.Santo marketingO Vaticano está, de fato, em ritmo de século 21. Depois do papa no Facebook, a Rádio Vaticano já aceita publicidade na programação. A primeira é da Enei, a estatal italiana de eletricidade.Contra o tempoOs acionistas da Weg e a família Chun - que foi dona da Eleva - torcem para que a oferta pública de ações de R$ 4 bilhões, para capitalizar a Brasil Foods, fique pronta antes da incorporação da Sadia pela Perdigão.Assim, eles, sócios da Perdigão, teriam direito de preferência na compra de ações, já será ela a responsável pela emissão dos papéis.O mesmo não aconteceria com a família Furlan.Sem abraçoO médico Roger Abdelmassih, acusado de assédio, quis partir para o ataque quando reconhecido por fotógrafos na saída do show de Roberto Carlos. Ni pelotaNo maior estilo "tô sussa", a diva do jazz contemporâneo, Cassandra Wilson, ignorou pedido de Hermeto Pascoal para dar uma palhinha em seu show, anteontem, no Bourbon Street.Fora do CardápioUm dos mais famosos restaurantes de Londres, o Quaglino?s, encerrou suas atividades. Depois de uma cliente ter morrido intoxicada por prato de ostras.HomenagemSerá realizada hoje, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, em SP, uma missa pelos mortos no acidente aéreo em Trancoso. Celebrada pelo reverendo Aldo, muito querido por Roger Wright.Não haverá cumprimentos.A noite de RobertoFoi concorridíssimo - os ingressos se esgotaram em uma hora e 45 minutos, há semanas - o show beneficente Elas Cantam Roberto, terça-feira, no Municipal. Em noite de celebridades - no palco e na plateia - até Gilberto Kassab quase passou desapercebido. Chegou junto com Xororó e, tumulto montado, o prefeito, após dar um tempo no "tapete vermelho" atrás do pai de Sandy, desistiu e entrou sem maiores flashes.Show impecável - com exceção da microfonia a cada revezamento das cantoras. E também da falha no som na entrada de Daniela Mercury, causada por um assessor seu que não deixou o contra-regra ligar o microfone na hora que a baiana entrou no palco. Valepalmas para Monique Gardenberg, que conseguiu tourear as 20 vozes femininas que participaram da homenagem aos 50 anos do Rei, bancadas por Itaúbrasil e Nestlé. Foram sentidas as ausências de Maria Bethânia e Gal Costa - que, no ranking das cantoras mais próximas a Roberto, só perdem para Wanderléa, a musa da jovem guarda. Ganham palmas extras Marília Pêra, pela criatividade na interpretação, e Ana Carolina, pela escolha da canção Força Estranha. Simpatia total? Hebe foi hors concours. Mas emoção mesmo, registrada em nítido encolhimento de voz, foi a de Nana Caymmi. Pernas? Ninguém conseguiu bater Wanderléa. Impacto? O vozeirão de Alcione. Fechadas as cortinas, depois dos parabéns a Ivete Sangalo (foto acima), Roberto Carlos - elogiado pelo seu estilo Ricardo Almeida - impressionou a todos pela paciência e educação: recebeu, um a um, todos os convidados, lá ficando até o último ir embora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.