Direto da fonte

Tango da crise Sem entrar nos méritos na nova disputa entre Brasil e Argentina - tema de Cristina Kirchner e Lula, amanhã - Marcos Azambuja, que foi embaixador em Buenos Aires, acredita que essa nova novela, como todas as anteriores, vai acabar bem. "Não tem jeito, um precisa do outro". O embaixador, aliás, tem uma forma original de classificar o país vizinho: "Existem os países ricos, os pobres e a Argentina." E outra para definir a gestão dos Kirchner: "Olha, é muito difícil governar um país, tão difícil quanto manter um casamento. Imagine as duas coisas juntas." Em que outro lugar poderia florescer o tango? Tudo pelo Sul Recém-chegado do encontro do Parlamento do Mercosul, Aloizio Mercadante é contra a retaliação proposta pela Fiesp às medidas protecionistas da Argentina. Acha que, na crise atual, o Mercosul precisa ser fortalecido: "É só olhar como os europeus estão se protegendo". A voz do Planalto Mercadante conta, ainda, que um mês atrás ele já havia combinado com Lula que a liderança do governo no Senado seria de Ideli Salvatti ou de Osmar Dias. Tudo indica que vai dar Ideli. O lado B do real Abraham Szajman, da Fecomércio, reúne dia 24 os criadores do Plano Real, como FHC e Pedro Malan, para debater os 15 anos do Plano Real. E os bastidores de um "pré-plano Real" de 86, que foi mudado e desembocou em um congelamento de preços. A "sale" do guru A crise bateu no bolso de Nouriel Roubini. Seu site RGE Monitor informa aos visitantes: "Devido à recente turbulência econômica, prorrogamos pelos próximos 10 dias o "Premium Access." Pouco índio A aritmética realmente não gosta do Legislativo. Ao punir 136 diretores do Senado, José Sarney revela ao País que a casa tem 1,68 diretor para... cada senador. Clô, depois Sandro Mabel, líder do PR na Câmara, vai entrar com representação no TSE. Quer a vaga de Clodovil de volta, impedindo que o coronel da reserva Jairo Paes de Lira, do PTC - que teve apenas 6.673 votos - assuma. Se tiver êxito, será o judoca e vereador paulista Aurélio Miguel o dono da cadeira. Clô, depois 2 Já a senadora Serys Slhesarenko mostra ter coração. Depois de ter organizado revolta feminina na Câmara contra Clodovil, quando ele chamou Cida Diogo de feia, fez ontem uma homenagem ao deputado. Clô, depois 3 Demorou, mas a Comissão de Constituição e Justiça aprovou ontem projeto de lei de Clodovil. Ele autoriza enteados a adotarem o sobrenome de seus padrastos. Step by step Se a "fusão" Sadia/Perdigão sair, ela será feita em duas fases diferentes. A primeira, um acerto interno entre acionistas. A segunda, com a Perdigão. Dá-lhe globalização Já se encontra à venda nos souks (bazares) do Oriente Médio a cópia do filme Se Eu Fosse Você - 2. Com as legendas de tradução devidamente em árabe. Um não-celebridade Diferente da tia, Antonio Versace - sócio hoje de Donatella na marca - mantém perfil bastante discreto. Ao fazer reserva no Maritaca, em Trancoso, no domingo, omitiu seu sobrenome. Acabou descoberto por um cliente que o reconheceu. Na frente O papel da arte contemporânea brasileira no cenário internacional é tema de seminário no Centro de Arte Contemporânea Inhotim. A partir de amanhã. Em Brumadinho. Rosangela Lyra, diretora da Dior no Brasil, acaba de voltar de Paris e conta que a coisa por lá está mesmo preta. Já aqui, o clima é mais para festa: amanhã a marca comemora 10 anos de sua chegada a São Paulo. A nova biografia de Santos-Dumont, escrita por Cosme Degenar Drumond, será lançada hoje, na Livraria Cultura. Contrariando os boatos, a dupla Athina Onassis e Doda Miranda passeava tranquila, de mãos dadas. Na Itália. Em meio ao cenário atual, o escritório da Leading Hotels Brasil acaba de bater mais um recorde de vendas. Comemora o feito com jantar black-tie, terça, na Sala São Paulo. Ignácio de Loyola Brandão e Jorge Okubaro lançam a biografia do banqueiro Olavo Setubal, dia 25, na Saraiva do Shopping Paulista. No caso de Jennifer Aniston, a vida começa mesmo aos 40. A atriz acaba de ser convidada para fazer um teste para ser a namorada de Daniel Craig, no próximo filme da série 007. Amigos e adversários de José Serra, que hoje completa 67 anos, concordam: com a saída, anteontem, de seu secretário de Segurança, ele fechou com chave de ouro o seu período de inferno astral. CENA MUDA: Sofia Coppola criou linha de acessórios para a Louis Vuitton. A cineasta gostou do resultado: "Encontrei o que estava procurando."

, O Estadao de S.Paulo

19 Março 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.