Direto da fonte

O direito de levantar a taça Lula já deu orientação aos seus ministros. Pelo que se apurou ontem no Planalto, o presidente não vai deixar de prestigiar os governadores em seu programa habitacional de um milhão de casas. Mas tampouco vai deixar tudo na mãos deles - para o bem ou para o mal. O plano é fazer parcerias com Estados e municípios, dividindo tarefas e utilizando infraestruturas locais. Uma outra perna do pacote prevê o financiamento direto da CEF às empresas. Lula admite, como lhe fizeram saber alguns governadores, que a União não tem que inventar novas regras. Mas também acha que não convém deixá-los com um rojão político nas mãos. Afinal, todos os que ele convidou a conversar são candidatos a alguma coisa. A voz do apocalipse Adivinhe quem vem para palestrar. Ninguém menos que Nouriel Roubini, o "Sr. Apocalipse", que vai contar para uma fechadíssima plateia paulistana, na quarta-feira, para onde estará indo a crise financeira mundial em 2009. Traz a tiracolo o colega Frederic Mishkin, que participa do FOMC - o Copom do Fed americano - e dá aulas na Columbia School of Business. Os anfitriões? Persio Arida e André Esteves, da BTG. O imigrante Tariq Aziz, chanceler do Iraque nos tempos de Saddam Hussein, quer morar no Brasil. Grande amigo dos exportadores brasileiros, nos seus áureos tempos, ele foi absolvido em um primeiro processo, em Bagdá, e pode estar livre até o fim do ano. E já avisou: se puder, monta acampamento no Rio. Palanque de risco Dilma Rousseff vai ter que se virar sozinha em São Bernardo, semana que vem, em seminário no Sindicato dos Metalurgicos. Lula avisou que não vai. E Serra, também convidado, é bem capaz de aparecer. Alegria, alegria Gal Costa comemora cantando os 40 anos de seu primeiro LP. Pelo Dia Internacional da Mulher, fará show montado em uma jangada. Sábado, em Salvador. O peso da ausência Marcelo Déda, próximo governador a ser julgado pelo TSE, esteve com Lula na terça, em Brasília. Extra-oficialmente, calcularam as chances do governador petista de ficar no cargo . É que, se ele cair, assume seu lugar o ex-governador João Alves Filho, do DEM. Ou seja: em 2010, esse palanque pode ser dos tucanos. Conexão perdida Quem tem o celular de Gisele Bündchen está apreensivo. Desde que foi alardeado seu casamento, a supermodelo desligou o telefone. Democracia 2009 Fernando Henrique Cardoso e o ex-presidente peruano Alejandro Toledo debatem hoje, no Hilton, a democracia no continente. Com painéis do Banco Mundial, do BID e outras instituições internacionais. Portugal é aqui Depois da Bahia, a cadeia Tivoli inaugura até o fim do mês seu segundo hotel brasileiro. Na alameda Santos. Concreto duplo Liberado pelo médico, um dos pais da música concreta, o francês Pierre Henry, vem ao Brasil pela primeira vez, como ilustre convidado do Ano da França no Brasil. E quer um show ao ar livre em uma obra de Niemeyer. PARIS É UMA FESTA U-lalá! Taís Araújo e Priscila Fantin começam temporada de imersão em Paris. Vão se aperfeiçoar na língua pátria de Molière. Na frente A mineira Larissa Mattos e a búlgara Irina Kodin representarão o Brasil na YouTube Symphony Orchestra. Foram selecionadas pela Internet para compor a concorrida orquestra do site. Com apresentação nos dias 12 e 15 de abril no Carnegie Hall, em Nova York. Barbie, a cinquentona enxuta, será homenageada pelo Shopping Cidade Jardim. Com exposição composta de exemplares raros da boneca. Vestida por Dior e Givenchy, entre outros. A partir de segunda. Daniel, o cantor, vai comemorar sua estreia como ator global fazendo pocket show, na festa de lançamento de Paraíso. Domingo, no Moinho São Paulo. Vincente Cassel, que não deu as caras por aqui no carnaval, é a imagem do novo perfume da casa Yves Saint Laurent. Depois de viver Bentinho, em Capitu, Michel Melamed volta ao palco com o seu Homemúsica. Hoje, no Sesc Consolação. Uma exposição de Mira Schendel irá ocupar sala do MoMA, em Nova York. Em abril. Estreia hoje, no Teatro Sérgio Cardoso, a peça 2º d. pedro 2º, do grupo brasileiro Les Commédiens Tropicales. Empresários brasileiros e americanos abriram em São Paulo a Câmara de Comércio Brasil-EUA da Flórida. Presidida por Samir Choaib. Quem diria. The Fat Duck, um dos melhores restaurantes do mundo, foi fechado temporariamente, em Londres. O menu degustação não caiu lá muito bem em alguns clientes. Direto da fonte Colaboração Doris Bicudo doris.bicudo@grupoestado.com.br Gabriel Manzano Filho gabriel.manzanofilho@grupoestado.com.br Pedro Venceslau pedro.venceslau@grupoestado.com.br Produção Marília Neustein e Elaine Friedenreich

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.