Direto da fonte

Embraer: ar rarefeito Enquanto se esforça para encontrar algo além do trâmite legal para oferecer aos 4,2 mil funcionários que serão demitidos da Embraer, Frederico Curado, dirigente da fabricante de aviões, sofre desgaste duplo: 1. Teve que escolher mandar alguns embora para poder preservar outros. O inverso do que fez nos últimos cinco anos quando a ex-estatal contratou 10 mil dos atuais 17 mil funcionários. 2. Ter que esclarecer o processo Embraer. Exemplo: "Fazem confusão. Não devemos ao BNDES. Os grandes devedores do banco são os compradores dos aviões financiados", explica. A empresa usa financiamento da instituição só para o pré-embarque, operação de curto prazo. A fabricante, segundo contou Curado à coluna, viveu o processo da crise na aviação em 2001. Naquela ocasião teve que dispensar 15% do efetivo. "O mercado se recuperou e, mesmo sem que ninguém nos obrigasse a contratar, foi o fizemos." Hoje, o mercado sumiu para todos. "Somente a demanda da aviação executiva caiu... 60% . Um de cada cinco aviões desse tipo está à venda. O que podemos fazer contra isso?", pergunta. E compara: a Boeing acaba de mandar 10 mil embora e a Cessna, um terço do efetivo. "Não tiveram alternativa, como nós". Amanhã, Curado leva essas explicações ao Tribunal Regional do Trabalho, em Campinas. Ele, que vestia ela Eduardo Eugênio Gouveia Vieira almoçou, em Paris, com Hubert Givenchy, ex-dono da Casa Givenchy. O estilista aceitou convite do presidente da Firjan para aterrissar no Fashion Rio trazendo, na mala, nada menos que os vestidos que desenhou para os filmes de Audrey Hepburn - e para dar conferência sobre sua vida e obra. Planalto paulista Paulo Skaf foi "desalojado" anteontem de sua sala na Fiesp. Deu lugar a Lula, que ali recebeu empresários e o 1º-ministro Jan Peter Balkenende, da Holanda. É a segunda vez que isso ocorre. A primeira foi com Alan Garcia, do Peru. Souvenir Fernando Haddad deu um presentão a 905 secretários municipais de Educação que o visitaram, em Brasília: um laptop zerinho. Como não há almoço grátis, os computadores vêm com instruções sobre os programas do MEC. Cada um custou, para o ministério, entre R$ 1.200 e R$ 1.500. Colorido O Cristo Redentor vai ficar lilás, domingo, no Dia Internacional da Mulher. A iluminação especial é parte de uma campanha contra a violência contra a mulher. Triste ranking A propósito, São Paulo está brilhando em matéria de violência contra a mulher. Dos 150 mil processos ajuizados com base na Lei Maria da Penha, mais de 37 mil são do Estado, com 1.285 prisões em flagrante. Dados de Andrea Pachá, conselheira do CNJ, que vai divulgar no dia 30 os números completos, na "Jornada Maria da Penha". Ovos no azul Vem aí o teste da "Páscoa com crise". Os fabricantes de chocolate esperam repetir as 23 mil toneladas de 2008. Baião de dois Aécio Neves recebe na sexta, em Montes Claros, todos os governadores do Nordeste, em encontro anual da Sudene. E planeja um encerramento de primeira. Com Lula, seu convidado especial para o encontro. ESPUMA da espuma Jantavam anteontem no Fasano a superestrela da gastronomia italiana em Nova York, Lidia Bastianich, Massimo Ferrari - que debutava no restaurante - e Rogério Fasano. Na mesa, duas preocupações: a crise mundial, que todos esperam superar, e tema levantado por Rogério: "Quando é que vão acabar as espumas e a desconstrução na gastronomia?" Os três ficaram imaginando como seria servir espuma de... ravioli ou nhoque. Tipo importação O Ministério do Meio Ambiente fechou convênio com o Quênia. Os africanos vão treinar brasileiros para cuidar dos nossos parques. Na frente Dona Lila Covas e família organizam missa pela passagem do oitavo ano da morte de Mario Covas. Às 11hs de sexta, no Mosteiro de São Bento. A partir de hoje, o Itaú Cultural dá start a uma programação musical intensa. Entre as cerejas do bolo, a banda Cidadão Instigado,os rapazes do Móveis Coloniais de Acaju e o pernambucano Siba. A Livraria Cultura do Shopping Bourbon Pompeia recebe, hoje, Débora Duboc e Neyde Veneziano para um bate-papo sobre a obra de Dario Fo. Amanhã é dia de estreia no Teatro Procópio Ferreira. A peça Sassaricando chega a São Paulo. Com direito a marchinhas de carnaval no palco. Correção: Mesmo estando no mesmo cinema, Marta Suplicy e Silvia Monteiro sequer viram José Dirceu no recinto, domingo, assistindo ao filme Quem Quer Ser um Milionário. Alexandra Forbes ministra a gulosa aula Jantares de Mesa e Cama. Hoje, na Escola Sabores e Saberes Capim Santo. A obra do arquiteto português Álvaro Siza, autor do projeto da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, lhe rendeu a Medalha de Ouro Real . Recebida das mãos da Rainha Elizabeth, em Londres. Panorama da produção atual de Matthew Barney está exposto na Escola São Paulo. Estranha, a vida. Para que vão servir as 1.000 algemas de plástico descartáveis compradas pela Câmara dos Deputados, ao preço de R$ 1,7 mil? Direto da fonte Colaboração Doris Bicudo doris.bicudo@grupoestado.com.br Gabriel Manzano Filho gabriel.manzanofilho@grupoestado.com.br Pedro Venceslau pedro.venceslau@grupoestado.com.br Produção Marília Neustein e Elaine Friedenreich

Sonia Racy, O Estadao de S.Paulo

04 Março 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.