Direto da fonte

Fundo paulista é arma de LulaHá coisa em comum entre o pacotão das 500 mil casas, a ser anunciado por Lula, e as medidas que José Serra anunciou ontem, para combater o desemprego em São Paulo. Uma das principais é o FGH, Fundo Garantidor Habitacional.Lula e Serra conversaram muito sobre a ideia, amadurecida por técnicos do governo paulista - entre eles o secretário Lair Krahembuhl. O presidente decidiu incorporá-la e ela é parte essencial de seu projeto. O FGH preenche um vazio nunca antes resolvido: cria um aval do Estado para os investidores - que sempre evitaram construir casas para a baixa renda, com medo da inadimplência.Seremos seisCorre pelo mercado financeiro que Patrice de Camaret, ex-Dreyfus, será o mais novo associado da BTG. Deve permanecer em Londres. Mais um peso pesado no time de André Esteves.SuprapartidárioQuem apareceu no Sírio Libanês terça-feira, com total discrição, foi FHC. Conversou por 40 minutos com José Alencar. Palco para DiorA vida e a obra de Christian Dior vão virar musical. O título é isso mesmo, The Life and Times of Christian Dior, e a produção é de Malcolm McLaren. Que vem a ser ex-marido da estilista Vivienne Westwood. McLaren também traz em seu currículo a descoberta de bandas-ícones punk, como a Sex Pistols. Ah, o Calor...O Fórum Criminal, em João Pessoa, funciona, há um mês, só das 9 às 11.É que o ar-condicionado quebrou. E, pelo visto, deve ter gente contra o conserto.Céu se abrindo A maioria dos empresários acredita na recuperação do mercado de trabalho ainda em 2009. São 52% os que, segundo pesquisa da Korn-Ferry, de janeiro, acham que as coisas se normalizam até o fim do ano.Mas 35% assumem que a melhora só começa a aparecer no segundo semestre.Crise 1Do encontro com Lula, segunda-feira em Brasília - para ouvir proposta anticrise do economista João Paulo dos Reis Velloso -, os empresários convidados saíram com uma certeza: quando a crise amainar, o Brasil deve se sair melhor que os outros emergentes.A proposta em si, obtida por esta coluna, não traz muitas novidades além do que está sendo debatido. Mas agora elas estão estruturadas e enumeradas. Crise 2Muito se falou de juros, crédito e PAC durante as três horas de conversa. Os empresários explicaram a Lula - que foi mestre-de-cerimônias, pilotando ele mesmo o microfone - e aos ministros que a noção de que "o crédito voltou" não pode se limitar ao crédito interno no País.Tem de incluir o externo, que desapareceu.Crise 3Só não desapareceu, pelo jeito, para a Odebrecht. Emilio Odebrecht contou no encontro que separou R$ 2 bilhões para financiar seus fornecedores.Consenso geral: Dilma ficou muito bonita com a plástica. Força no cabeloDivulgada mais uma pesquisa que pode mudar os rumos da humanidade. Mulheres que tingem o cabelo de loiro são mais... desinibidas. A Universidade Nottingham Trent, na Inglaterra, analisou 205 mulheres entre 25 e 66 anos.Na frente Caetano Veloso ainda não acertou a data. Mas Wagner Moura e a banda Sua Mãe já têm dia e hora para subirem ao palco do Studio Sp. O show acontece no dia 7 de março. Daniela Mercury vai pular o carnaval com o título de vovó. O filho Gabriel e Taís Nader acabam de ganhar Clarice. Do alto dos seus 94 anos, José Mindlin já tem livro novo saindo do forno. No Mundo dos Livros chega às livrarias depois do carnaval. Pela Editora Agir. Em clima de samba, Cristina Buarque e o grupo Terreiro Grande sobem ao palco do Teatro Fecap, no fim de semana. No show, composições de ninguém menos que o mestre Candeia. Carlos Reichenbach, que lança hoje um livro com quatro roteiros, decidiu: vai escrever quatro romances. O primeiro já tem título: Formosa e Reacionária. Zeca Pagodinho só fez um pedido aos familiares que organizaram sua festa de 50 anos: "Que tivesse um clima de boteco." A surpresa foi geral! Direto da fonteColaboraçãoDoris Bicudo doris.bicudo@grupoestado.com.brGabriel Manzano Filho gabriel.manzanofilho@grupoestado.com.brPedro Venceslau pedro.venceslau@grupoestado.com.brProduçãoMarília Neustein e Elaine Friedenreich

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.