Direto da fonte

O futuro de Battisti Tudo indica que vai ser decidida só na prorrogação a "batalha da extradição" do italiano Cesare Battisti. Sabe-se que pelo menos 5 dos 11 votos do Supremo já seriam por sua extradição, mas resta definir qual a força prática dessa decisão.Um dos pilares da jurisprudência nacional, Célio Borja, sustenta que o ministro Tarso Genro foi infeliz ao dar o refúgio: "Não é papel do Poder Executivo apreciar razões de ordem jurídica" do assunto. E, se o STF decidir pela extradição, caberá ao Executivo simplesmente cumprir e devolver Battisti à Itália.Futuro de Battisti 2Mas a decisão do STF pode não liquidar a questão. O constitucionalista Pedro Serrano, da PUC, entende que, ao dar o refúgio, o governo exerceu uma função que é sua por direito. E, se o STF achar que tal direito é inconstitucional, estará, ele, invadindo função do Executivo.O pai da criseAloysio Nunes Ferreira não resistiu. Diante da estratégia do PT de colar a crise no governador paulista, mandou carta ao petista Edinho Silva. Diz ele: "O PT dissipou a névoa de minha ignorância. Aprendi, graças a vocês, que o responsável pela crise chama-se José Serra." E avisa: Lula, Obama, Gordon Brown e Sarkozy precisam ser informados... Tour hospitalarJosé Sarney fez ontem peregrinação por São Paulo. Além de visitas a José Alencar e Saulo Ramos, discutiu com médicos detalhes da cirurgia a que Roseana se submeterá, para eliminar o aneurisma no cérebro.Quase AAIthamara Koorax proibiu, por contrato, bebida alcoólica para sua equipe. Que inclui, para os seus dois shows, seu professor de Pilates e a nutricionista.Happy hourEntre os números de 2008 do Observatório do Emprego, esta semana, uma curiosidade. Cresceram 43% os empregos de garçons, barmen e someliês - e o de motorista de carga caiu 58%. Pelo visto, na crise o pessoal resolveu beber...Por baixo do panoOs sacoleiros estão rindo à toa. Lula sancionou lei que cria alíquota única de 42,2% sobre o preço de produtos importados do Paraguai. Entendidos garantem que isso vai estimular a ilegalidade. Em 2008, a Receita só apreendeu US$ 82 milhões em contrabando na região. O que dá uns 10% do total sonegado.Luz no túnelCom a captação da Petrobrás, o mercado externo abriu para outras empresas que também sejam investment grade, diz José Olympio Pereira, do Crédit Suisse.Com ele concorda Daniel Goldberg, do JP Morgan.Ele, de voltaCauã Reymond grava de novo. Será o advogado João no longa Não se pode viver sem amor, de Jorge Durán. Sinal dos tempos?Maravilhados ficaram os amigos de uma new-mother na Pro-Matre esta semana. Vendo o parto de fora da sala, vibraram quando o ginecologista mostrou a todos a placenta recem-tirada.E, em seguida, atirou um pedaço no vidro-janela.Na frenteO Top 500 Banking Brands, da revista The Banker/Brand Finance, inovou. As 10 principais marcas serão classificadas, em 2009, também por categoria. No varejo, um brasileiro: o Bradesco, 5º lugar.José Saramago já está com um livro novo no forno. A inspiração para a história surgiu durante da viagem do escritor português ao Brasil.Tom Cavalcante vai surpreender os viajantes do cruzeiro de Roberto Carlos. Apresenta seu espetáculo amanhã, em duas sessões. Com o Rei, seu amigo, na primeira fila.Filipe Berndt abre sua exposição com fotos de souvenirs criados a partir da Torre Eiffel, segunda, no Suplicy da Lorena. Essa vai deixar José Serra e Aécio Neves morrendo de inveja. Sergio Cabral terá ala carnavalesca, ideia dos assessores. O nome? Vassalos do Palácio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.