Direto da fonte

Minha casa, sua conta O Palácio da Abolição, nova sede do governo do Ceará, vai passar por ampla reforma, mas quem paga a conta é o governo federal. Serão R$ 37,3 milhões, metade saídos do Ministério do Turismo e outra metade da Caixa Econômica Federal. É coisa para o começo de 2009. O ministério entra na história porque o prédio é tombado e preservá-lo é parte de um tal Programa de Desenvolvimento do Turismo. E a Caixa, porque Brasília assumiu esse compromisso, durante as negociações em que o Banco do Brasil ficou com o Banco do Ceará.A oposição, como se previa, chiou: "Vai ter torneiras de ouro". E o governo Cid Gomes replicou: as torneiras serão restauradas, sim. Mas serão de latão escovado. Enquanto aguarda, Gomes continua governando do Palácio Iracema.E agora, José?Raridade absoluta na Esplanada: o articulador político do governo, José Múcio Monteiro, completou um ano no cargo no sábado. "Não passo um mês aqui sem ouvir para onde vou", ironiza Múcio, sabendo como a cadeira é disputada."Já fui vice da Dilma Rousseff, numa chapa inventada para 2010, ministro do Tribunal de Contas, do Turismo, da Saúde... e disseram que eu voltaria para a Câmara. Já apareci até como candidato a presidente da Casa", brinca o petebista.Sem-chefiaA queda do consumo já afeta a procura por executivos. Estudo da DBM, consultoria especializada em gestão do capital humano, revela que as vagas para o setor de consumo caíram 6% no terceiro trimestre de 2008, em comparação com o mesmo período de 2007.A árvore era outraDias atrás, um rapaz que vende balas na esquina das ruas Colômbia e Alemanha, nos Jardins, avisou à Prefeitura que os galhos de uma árvore estavam escondendo o farol e atrapalhando o trânsito. Pouco depois, funcionários da Prefeitura apareceram e começaram a cortar... uma outra árvore, do lado oposto. "Não é essa, é aquela ali", avisou o rapaz, vendo a árvore errada sendo retalhada. O fiscal mostrou-lhe a ordem de corte. Era aquela árvore mesmo. Só que a ordem era de... 2005.O vôo da alegriaJá corre solta, no Congresso, a briga por um lugar no trem da alegria que vai a Washington assistir, no dia 20 de janeiro, à posse de Barack Obama.A idéia-mãe do trem nasceu na Comissão de Assuntos Exteriores da Câmara. Um requerimento pede que, além do grupo, se estenda o convite aos parlamentares afro-descendentes. Em tempos de eleição para presidir a casa...Ouro para PeléPelé, agora de bem com a Ricardo Teixeira e a CBF, recebe dia 8, na entrega do prêmio Craque do Brasileirão, uma estatueta de ouro com a frase "Ao grande jogador e, principalmente, ao grande brasileiro". O campeão do torneio receberá, da Confederação, um checão cheio de números.Direção defensivaVender carro está mesmo difícil. A sul-coreana Daewoo arrendou área do tamanho de metade da Bélgica para plantar grãos. Em Madagascar.VingancinhaGilberto Kassab pode dar-se por vingado. Na convenção que o lançou à prefeitura, em junho, o tucano Alberto Goldman o havia chamado de Geraldo Kassab. O troco veio a cavalo. Em encontro de tucanos, sábado, o líder Mendes Thame chamou para falar "o vice-governador... Aloysio Goldman". Aloysio Nunes Ferreira, ao lado, nem piscou.Na frenteAcompanhada de um grupo de jovens louras, Hebe Camargo, em legging, salto alto e rabo-de-cavalo, parou o Shopping Leblon, no Rio, sexta-feira. Ela e sua turma fecharam uma loja e de lá davam tchauzinho para os curiosos. Cinco minutos. Esse foi o tempo em que se esgotaram os ingressos para a noite de autógrafos de José Saramago, quinta, no Sesc Pinheiros. O escritor almoçou ontem com Fernando Meirelles. Já sua mulher Pilar, aproveitou o sábado para ir ao cabeleireiro. Por pouco a cantora Dee Dee Bridgetwater não faz um bate-e-volta sem se apresentar por aqui. O contratempo foi um filhote de maltês que a americana trouxe a tiracolo, sem a documentação necessária. Na sexta, ela faz pocket show em prol da Tucca, na casa de Barbara Leary e Kim Esteve. A galerista Berenice Arvani vendeu duas colagens de Ivan Serpa para a conselheira do MoMA Estrellita Brodsky. Que doou as peças para o Museo del Barrio, de Manhattan. Foi o fotógrafo inglês Simon Harris quem registrou o jeito maroto de Naomi Campbell na imagem publicada pela coluna, no domingo. Carlos Guilherme Motta, Miguel Reali Jr., Oscar Vilhena Vieira e Gabriel Cohn são estrelas de um debate que marcará, na quinta-feira, os 50 anos do clássico Os Donos do Poder, de Raymundo Faoro. Na Faculdade de Direito da FGV. A fiel comemorou a volta ao Brasileirão na cidade inteira. O presidente corintiano André Sanchez e jogadores foram festejar no Rodeio, nos Jardins.Interinos: Doris Bicudo, Julia Duailibi, Pedro Venceslau e Gabriel Manzano Filho

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.