Direto da fonte

Controlar, nem pensarA crise pode ser enorme, mas os executivos continuam com um pé atrás quando se fala em supervisões e controles. Pesquisa encomendada pelo Allen & Overy, um dos cinco maiores escritórios de advocacia do mundo - e recém-chegado ao Brasil -, mostra que praticamente metade da classe não quer saber de palpites ou fiscalização dos empréstimos bancários.Foram ouvidos 735 CEOs de todo o mundo no início de novembro e 45% se mostraram arredios a tais medidas. Enquanto 53% dos asiáticos admitem a idéia, apenas 36% dos norte-americanos e britânicos concordam que maior supervisão possa ser uma boa coisa.Cadê a azeitona?Exótica a lista de pedidos de Elton John para o show que fará em SP, em janeiro. O bufê será composto de vegetais crus, saladas, bandejas de frios e queijos sortidos - alguns fortes, como gorgonzola. Para acompanhar, molho mexicano. E depois? Nada de doces. Apenas frutas frescas. Gilberto x WoodySucesso de bilheteira no Brasil, o novo filme de Woody Allen, Vicky Cristina Barcelona, não conquistou o autor Gilberto Braga. "Achei mais ou menos. Muito intelectual", comentou com um fã que puxou conversa, na saída do cinema do Shopping da Gávea, no Rio.Dica de painhoO prefeito eleito de BH, Márcio Lacerda, segue a receita do padrinho Aécio Neves. Vai chamar o consultor Vicente Falconi, do Instituto de Desenvolvimento Gerencial, para reformular a estrutura do Executivo municipal.Foi ele o "inventor" da recuperação financeira de MG. Quando Aécio tomou posse, o Estado devia R$ 2,5 bilhões. Hoje está no azul.Cerco ao crimeUm software especial enviado pela Safernet vai analisar, a partir da segunda quinzena de janeiro, os 18.330 perfis do Orkut que o Google enviou para a CPI da Pedofilia. Espera-se, com ele, mais rapidez no trabalho. Na primeira leva, 25 pessoas demoraram dois meses para vasculhar um total de 3.261 perfis.Do que já se fez, uma conexão chamou a atenção dos investigadores: a que liga Dallas, nos EUA, a cidades do Nordeste. Além disso, há fios levando a países como Espanha, Inglaterra, Alemanha e Índia. Aí a Interpol vai entrar na briga.Sob controleApós ser considerada pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) referência mundial na recuperação ambiental, a INB (antiga Nuclebrás) anuncia mais investimentos em reciclagem para 2009. "Vamos aplicar cerca de R$ 1 milhão. Até água de banheiro estamos reciclando", diz Hilton Lima, gerente da INB, que extrai urânio em Caetité, Bahia.O investimento está na pauta do seminário internacional da AIEA, de amanhã até quinta, em Salvador e Caetité.Boca grandeMais lenha na fogueira no bate-boca entre Nizan Guanaes, da Africa, e Fábio Fernandes. Agora foi a vez de Alexandre Gama, da NeoGamaBBH, colocar o dedo na ferida publicamente: "Não adianta o Nizan se arvorar em líder, porque não é líder de nada nesse mercado. O Fábio não é líder de nada nesse mercado."Amigo da balançaQuem cruza com a ex-deputada Denise Frossard, no Rio, demora a reconhecê-la. Está 12 quilos mais magra.No lançamento de Enjaulados, de Renato Lombardi e Marcelo Auler, quinta, ela avisou: "Foi o colesterol."Júri com forróJuradas do 41º Festival de Brasília, as atrizes Sandra Corveloni e Maria Flor deixaram a sisudez de lado e mergulharam anteontem no forró do Arena Futebol Clube. Até às 4h da manhã. Na frenteBruno Barreto e o ator italiano Silvio Orlando debatem o futuro do cinema, terça, na abertura do Venezia Cinema Italiano. Foi Orlando quem levou o Leão de Ouro de melhor ator de Veneza deste ano. Recebida pelo presidente do Líbano, Michel Sleiman, em Beirute, a presidente da Associação Cultural Brasil-Líbano, Lody Brais, entregou-lhe a medalha Gibran Khalil Gibran. E avisou que a comunidade no Brasil promove um evento para marcar o título de Beirute, Capital Mundial do Livro. Depois da Rússia e França, Carla Pernambuco faz imersão na culinária espanhola. A convite do governo de lá.O cientista americano J.J. Hurtak, presidente da Academia para Ciência Futura, dá palestra de lançamento do livro O Fim do Sofrimento, na quarta, na Livraria Cultura.Os moços mais radicais já podem viver seu momento 007. Foi lançada edição limitada dos óculos que Tom Ford criou para o 22º filme do agente. Por US$ 349 e com direito a inscrição "James Bond 007".Interinos: Doris Bicudo, Julia Duailibi, Pedro Venceslau e Gariel Manzano Filho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.