Direto da fonte

Do Planalto: duas perguntas e meiaSobre a possibilidade de sair uma reforma ministerial depois das eleições municipais, um ministro, com sala nas imediações do gabinete de Lula, sentencia: "Seria natural, mas o presidente tem horror aos verbos tirar, exonerar e demitir. Dificilmente, diante desta crise econômica, ele vai querer enfrentar a marola do desgaste político provocado por uma dança das cadeiras. Já basta ter de tourear o acordo PT-PMDB". Mais fotosMas Arlindo Chinaglia, médico, não pode ser levado para o Ministério da Saúde ou outra pasta? "Você lembra de algum presidente do Senado ou da Câmara que tenha deixado o Congresso para ocupar vaga na Esplanada dos Ministérios?"A meia pergunta: sempre tem uma primeira vez! "Não. Porque um ex-presidente do Congresso se transforma em um coordenador político do governo, não importa a pasta que ocupe. Pelos laços criados no Congresso, os políticos, de todos os partidos, fariam sua pasta local de romaria cotidiana."Sete chavesArlindo Chinaglia soube na terça-feira à noite que o governo ia editar a MP 443, a da estatização dos bancos. Contam-se pelos dedos de uma mão os parlamentares que souberam antecipadamente da MP. Na quarta-feira cedo, quando a MP já estava no DOU, Chinaglia conversou com o líder tucano, José Aníbal, e continuou a "guardar segredo".Aníbal, obviamente, não gostou. E anotou.Números concretosMais uma vez, os números do Unibanco falam mais alto. Números divulgados ontem mostram lucro líquido de R$ 704 milhões no terceiro trimestre.Serial killerConhecido banco tentou ontem fazer um estrago gigante no mercado nacional.Felizmente, não conseguiu. Mas ganhou, com louvor, o apelido de urubu do ano.Em cima do muroAo deixar o Palácio do Planalto anteontem, Jacques Wagner declarou: "Lula está tranqüilo e... preocupado com a crise". Seja lá o que isto quer dizer.MatemáticaOs analistas de mercado estão, a cada dia, mais confusos com esta crise mundial. Treze entre dez deles apostavam que a Vale viria com um lucro de R$ 4 bilhões.O resultado oficial da empresa foi de R$ 12 bilhões.Legado florestalCom 20 anos de atraso, Lula vai finalmente plantar, dia 5, sua árvore no Bosque da Constituinte. Como já fizeram vários ex-colegas. Com o tamanho de sete campos de futebol, o local será adotado pela Câmara, revitalizado e, em 2013, quando a Constituição estiver completando 25 anos, será tombado.Voando baixoTécnico da Infraero foi visitar ontem o Autódromo de Interlagos. E parece que gostou do que viu.O asfalto do circuito poderá servir de referência para os aeroportos brasileiros. Tiro ao alvoA campanha de TV de Márcio Lacerda cogitou usar a imagem de Itamar Franco no programa. A idéia - que acabou abortada para não melindrar Aécio - era contra-atacar o rival, Leonardo Quintão, que está batendo forte na relação entre Marcos Valério e Lacerda.Prima Donna Elena Valensise - mulher do embaixador da Itália no Brasil e ex-diretora da Bienal de Veneza - acompanhou, pessoalmente, a montagem da mostra de Micol Assael e Armin Linke.Que representam a Itália na Bienal de São Paulo.No frontDaniel Filho será ator e diretor no longa Tempos de Paz, baseado na peça Novas Diretrizes em Tempos de Paz, de Bosco Brasil, que assina agora o roteiro. Deve estrear ano que vem.Será que vai?Se chegar a tempo, João Gilberto pode levar para casa o prêmio Transformadores, da revista Trip, de Paulo Lima. No dia 18.Quatro em umJorge Yunes arrematou uma das quatro estátuas de bronze, doadas pelo governo americano, que enfeitavam a antiga sede do Senado, no Rio. E quer saber o destino das outras três...Botina realAlvoroço total no Congresso, quinta-feira, à espera do rei Abdullah II. Parlamentares, a direção das duas Casas e funcionários foram ao Salão Negro para ver... a bela rainha Rania. Mas, como deu o Direto da Fonte on-line, só apareceu o rei.Devidamente calçado com botas de cano curto.DiamanteNo Itamaraty, durante o almoço em homenagem aos reis da Jordânia, os convidados dividiram os olhares. Entre a beleza da rainha Rania e o diamantão que ela, discretamente, exibia em sua mão direita.Na frenteNesta confusão, vai aqui uma pergunta. Por que a BM&FBovespa não proíbe a venda a descoberto de ações? E também seu aluguel? Caso contrário, vai ter gente sempre apostando na piora e aproveitando a fraqueza do mercado.A dupla Kim Esteve & Barbara Leary é anfitriã de almoço de boas-vindas, hoje, para a turma da Bienal. Com direito a exposição de Samson Mnisi e Cannon Hersey. Tudo na Chácara Flora, só para convidados. Escalada para substituir Paul Weller, anteontem, no Tim Festival, Roberta Sá confundiu o nome do evento. Disse Prêmio Tim no lugar de Tim Festival. Meio sem graça, soltou: "Eu sabia que ia trocar os nomes".Em pocket show, em festa pré-Bienal no Jardim Europa, Lobão dedicou música a Marta Suplicy: A Queda.Depois do entrevero com a cúpula da RedeTV!, João Dória estréia seu programa na Band dia 1º. O primeiro entrevistado é Jorge Gerdau. Fernando Autran de Figueiredo associou-se a Caio Simões no Espaço Croco. Ronaldo Ferreira comemora. A marca Bombril acaba de entrar para o seleto rol do INPI das empresas de "Alto Renome" do País. Ao lado de Coca Cola, Rolex e McDonald?s.Da linha Madame Poças Leitão. Ao falar sobre funcionária que errou o nome de autoridades, Arlindo Chinaglia atirou: "Até uma ameba em coma sabe que o Presidente da República vem em primeiro na lista".Direto da fonteColaboraçãoSilvia Penteado silvia.penteado@grupoestado.com.brDoris Bicudo doris.bicudo@grupoestado.com.brJulia Duailibi julia.duailibi@grupoestado.com.brPedro Venceslau pedro.venceslau@grupoestado.com.brProduçãoMarília Neustein e Elaine Friedenreich

Sonia Racy, O Estadao de S.Paulo

24 de outubro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.